Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Brasil Criminosos roubam carro,levam bebê junto e batem em fuga

Criminosos roubam carro,levam bebê junto e batem em fuga

0
0

Um bebê de sete meses foi levado por criminosos junto com um carro roubado na Vila Alpina, Zona Leste de São Paulo, na noite desta quarta-feira (18). Policiais perseguiram os assaltantes por cerca de 15 minutos até o veículo em que eles estavam bater na região do ABC Paulista.

De acordo com a polícia, pai, mãe e a criança chegavam de uma viagem ao litoral quando foram abordados no portão da casa de um parente. Os criminosos já haviam rendido as vítimas e estavam dentro do carro da família, mas foram vistos por policiais militares que patrulhavam a área.

Os assaltantes notaram que PMs se aproximavam e começaram uma fuga. Os pais da bebê, que já estavam do lado de fora do veículo, não tiveram nem tempo de tirar a filha recém-nascida da cadeirinha que estava no banco de trás. O pai é americano e a mãe, brasileira. A família vive nos Estados Unidos e é a primeira vez da bebê no Brasil.

“Falei para ele [bandido] que a gente tem uma filhinha, né. ‘Pelo amor de Deus, deixa eu pegar minha filha’. Só que no momento que os policiais chegaram e eles viram, correram,.Aí, com a porta aberta, eu tentei puxar minha filha, mas não consegui. Então nesse momento eles foram embora com a minha filha no carro”, relembra a mãe.

A perseguição durou aproximadamente 15 minutos, segundo a polícia. Durante a fuga, os criminosos chegaram a disparar contra o carro dos policiais. Eles só pararam quando perderam o controle e colidiram na região de São Caetano do Sul.

Após a batida, os assaltantes ainda fugiram a pé. Um deles, Cauê Vinicíus Painelli de Brito, de 19 anos, chegou a invadir uma casa da vizinhança, fez duas mulheres reféns, mas depois se entregou. Ele já tinha passagem pela polícia por roubo e receptação. O outro criminoso conseguiu escapar.

A bebê não se feriu. O tenente da PM que a resgatou contou que encontrou o bebê conforto tombado dentro do carro, mas que a recém-nascida só aparentava estar assustada, chorando muito. Em um vídeo gravado por uma morador da região é possível ouvir o choro da criança.

O pai agradeceu aos policiais e disse que, apesar de assustador, o episódio não o deixou traumatizado com a violência no país. “Algumas pessoas ruins, mas os brasileiros são um povo acolhedor”, afirmou.

 

FONTE: G1

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *