Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque Flamengo sofre gol no fim, mas vence Botafogo por 2 a 1 com dois de Guerrero

Flamengo sofre gol no fim, mas vence Botafogo por 2 a 1 com dois de Guerrero

0
0

Atacante chegou a nove gols no Estadual, garantindo o Rubro-Negro na final da competição, para enfrentar o Fluminense, depois de 22 anos

Rio – O Campeonato Carioca terá um Fla-Flu decisivo depois de 22 anos. Depois de vencer o Botafogo por 2 a 1, com dois gols de Paolo Guerrero, o Rubro-Negro garantiu sua vaga na final do torneio, sem dar chances ao adversário. Sassá foi o responsável por descontar para o Botafogo

Apesar de ter tido poucas oportunidades claras, o Flamengo foi superior durante toda a partida, criando mais do que os adversários, apesar de ter a vantagem do empate na semifinal. Apenas no segundo tempo o placar foi aberto, com Guerrero aproveitando rebote da zaga. Pouco depois, Fernandes cometeu pênalti e o peruano aproveitou para ampliar. Já no fim, Sassá foi derrubado dentro da área e, também de pênalti, marcou o único gol alvinegro na partida.

Com a classificação, o Flamengo se prepara para decidir o Estadual em dois jogos, sendo o primeiro no próximo domingo. Antes disso, entretanto, o Rubro-Negro tem compromisso pela Libertadores, contra o Atlético-PR, em Curitiba.

Enquanto isso, o Botafogo também joga no meio de semana, mas fazendo sua estreia na Copa do Brasil, contra o Sport, já pelas oitavas de final da competição.

O JOGO

A primeira boa chegada veio pelo lado do Flamengo. Pela esquerda, Trauco levantou na área e Éverton, na primeira trave, desviou bem, mas a bola passou ao lado do gol. Logo antes da metade do primeiro tempo, Gatito Fernández fez grande defesa em finalização de Paolo Guerrero, evitando a chegada de Gabriel, no rebote.

E foi pelas laterais que as jogadas mais perigosas do Rubro-Negro foram se desenvolvendo. Depois de bate-rebate na área, Rômulo cabeceou e viu a bola passar próxima ao gol de Gatito. Enquanto isso, o Botafogo tentava responder de longe. Pimpão teve boa oportunidade, arriscou, mas a bola foi pela linha de fundo.

Já nos últimos minutos, o meia Gabriel chegou a mandar a bola para o fundo do gol, depois de aproveitar passe de Éverton, já dentro da área, mas a jogada foi bem anulada, por impedimento claro.

Foi justamente em jogada pela ponta que o Flamengo abriu o placar, no comecinho da segunda etapa. Éverton, pelo lado esquerdo, levantou na área e Victor Luís fez o corte para o meio, deixando a bola no pé de Paolo Guerrero, que emendou de primeira e balançou as redes.

Guerrero marcou dois gols no clássico contra o Botafogo e foi o nome do jogoDaniel Castelo Branco / Agência O Dia ATAQUE

Gabriel teve chance de ampliar logo depois, em jogada muito parecida, mas acabou cabeceando mal, apesar de aparecer livre. Com muitos problemas para trocar passes, o Botafogo acabou acuado e viu Guerrero rolar para Trauco, que arriscou de longe e obrigou Gatito a fazer boa defesa.

Na metade do segundo tempo, Fernandes colocou a mão na bola dentro da área e o árbitro assinalou pênalti, convertido por Paolo Guerrero, que assumiu artilharia do Carioca ao lado de Adriano, do Nova Iguaçu.

A partir daí, o Alvinegro tentava tomar as rédeas da partida, mas pecava na organização das jogadas. Duas boas oportunidades vieram em sequência, uma para cada lado. Depois de bom passe de Berrío, Guerrero perdeu a oportunidade de fazer seu terceiro, sendo travado por Fernandes. No contra-ataque, Sassá partiu em velocidade, driblou Alex Muralha, mas ficou sem ângulo e acabou não conseguindo descontar.

No finalzinho, Réver bobeou e, disputando bola com Sassá, derrubou o atacante adversário dentro da área. O pênalti foi marcado e o próprio Sassá diminuiu a vantagem, mas já era tarde demais para reverter o placar.

O Dia

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *