Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Brasil Quintella assinou, com Temer, decreto suspeito para o setor de Portos

Quintella assinou, com Temer, decreto suspeito para o setor de Portos

0
0

Uma conversa gravada entre o presidente Michel Temer e o deputado afastado Rodrigo Rocha Loures, do PMDB, levantou suspeitas sobre um decreto para o…

Foto: Marcos Corrêa/PR

Uma conversa gravada entre o presidente Michel Temer e o deputado afastado Rodrigo Rocha Loures, do PMDB, levantou suspeitas sobre um decreto para o setor de portos. Os procuradores acreditam que a empresa Rodrimar, que foi alvo de busca e apreensão na Operação Patmos, pode ter sido beneficiada, disse o Jornal Nacional, nesta quinta-feira (25).

O nome da Rodrimar surgiu no meio das investigações feitas a partir da delação da JBS. A empresa é especializada em comércio exterior, atua no setor de portos, com base em Santos. Um dos executivos, Ricardo Mesquita, apareceu no café onde o deputado afastado Rodrigo Rocha Loures, do PMDB, se reunia com o executivo da J&F, Ricardo Saud- explicou o telejornal de maior audiência do país.

Este decreto- o 9048- foi assinado por Temer e o ministro dos Transportes, Maurício Quintella.

Segundo o Palácio do Planalto, “após a publicação da norma, as concessões e arrendamentos ficarão mais flexíveis, com menos burocracia e mais rapidez, permitindo novos investimentos no setor”, disse, em matéria publicada no dia 10 de maio, no sitio.

“Entre as principais mudanças estão a ampliação dos prazos contratuais e liberdade para a realização de prorrogações de contratos, simplificação de processos de autorizações e ampliações de terminais de uso privado. A expectativa do governo é que o tempo para autorização de novos terminais caia de três anos para 180 dias”, anunciou o Planalto.

reporternordeste

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *