Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque FGTS inativo creditado na poupança

FGTS inativo creditado na poupança

0
0

Caixa abre hoje de 9h às 15h para atender trabalhador que nasceu em setembro, outubro e novembro

Rio – Os trabalhadores nascidos em setembro, outubro e novembro com direito ao saque das contas inativas do FGTS e que têm poupança individual na Caixa Econômica Federal vão receber o crédito automaticamente sem precisar ir às agências.

Hoje, 130 unidades em todo o estado, sendo 59 no Município do Rio, vão abrir das 9h às 15h para atender mais de 679 mil beneficiados. O banco vai liberar R$ 1,2 bilhões para retirada em todo estado. No país, 2.015 agências vão atender hoje.

Além da conta poupança individual, quem tem caderneta conjunta ou conta corrente, terá direito ao crédito automaticamente. Mas para o segundo caso, é preciso ter feito a opção pelo site das contas inativas do FGTS ou pelo telesserviço no número 0800 726 2017.

Neste sábado, as unidades vão atender exclusivamente a quem for realizar saques, tirar dúvidas, promover acertos de cadastro e emitir senha do Cartão Cidadão. Na última terça-feira, a Caixa anunciou a antecipação do pagamento da quarta fase da liberação de contas inativas do FGTS.

De acordo com a vice-presidente do Fundos de Governo e Loterias da Caixa, Deusdina Pereira, a estratégia de adiantar o atendimento procurou beneficiar os trabalhadores, além de oferecer maior comodidade devido ao feriado de Corpus Christi, na quinta-feira. Inicialmente, a data prevista para a liberação dos saques era dia 16 de junho. Ao todo, 7,5 milhões de trabalhadores têm direito a retirar os saldos nesta fase. O banco espera pagar R$10,9 bilhões.

A partir de 14 de julho, será a vez dos trabalhadores nascidos em dezembro terem acesso ao FGTS inativo. Nessa última leva, os saques vão atingir 2,5 milhões de pessoas — 8,1% do total dos contemplados. O prazo final para retirada dos saldos de todos os trabalhadores é 31 de julho, independente do mês de nascimento.

Os valores não sacados após o prazo permanecerão nas contas do FGTS e poderão ser resgatados nos casos previstos na legislação do Fundo, como aquisição de imóvel e aposentadoria.

Entre 10 de março e 2 de junho, a Caixa Econômica registrou o pagamento de R$ 27,6 bilhões relativo às contas inativas do FGTS, 95,2% do total inicialmente previsto no período (R$ 29,1 bilhões). Foram contemplados 16,3 milhões de trabalhadores, o que representa 81% do total de beneficiados, segundo o banco.

Regras para o saque

– O que foi pago

Entre 10 de março e 2 de junho, a Caixa Econômica registrou o pagamento de R$ 27,6 bilhões relativos às contas inativas do FGTS, o que representa 95,2% do total inicialmente previsto no período (R$ 29,1 bilhões). Foram mais de beneficiados 16,3 milhões de trabalhadores em todo o país.

– Quem pode sacar

Pode fazer o saque das contas inativas do FGTS o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015.

– Como sacar

Além das agências, para valores inferiores a R$ 3 mil, também a partir deste sábado, os trabalhadores da quarta fase têm outras opções de saque: até R$ 1,5 mil no autoatendimento com a senha do Cidadão; até R$ 3 mil no autoatendimento com o Cartão do Cidadão e senha; até R$ 3 mil nas lotéricas e correspondentes com a identificação, o Cartão do Cidadão e senha.

– Acima de R$ 10 mil

Para sacar os valores acima R$ 10 mil, os trabalhadores precisam apresentar documento de identificação e a Carteira de Trabalho, ou outro que comprove a rescisão de seu contrato com a empresa.

– Valor não sacado

Os valores não sacados dentro deste prazo permanecerão nas contas do FGTS e poderão ser resgatados nos casos previstos na legislação do Fundo, como aquisição da casa própria e aposentadoria.

– Em dezembro

A partir de 14 de julho, será a vez dos trabalhadores nascidos em dezembro sacarem.

Divulgação

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *