Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque Servidores municipais de Maceió protestam contra "reajuste zero"

Servidores municipais de Maceió protestam contra "reajuste zero"

0
0

Manifestação ocorreu em trecho da Avenida Fernandes Lima, no Farol, após Justiça decretar ilegalidade de greve

Dezenas de servidores públicos municipais de Maceió participaram de um protesto, na tarde desta terça-feira (25), em trecho da Avenida Fernandes Lima, no bairro do Farol, após a Justiça decretar a ilegalidade da greve. De acordo com os manifestante, o ato teve como objetivo chamar a atenção da sociedade para o fato de o Município conceder “reajuste zero” ao funcionalismo.

Com faixas e cartazes, os manifestantes se posicionaram em semáforos da avenida, conversando com motoristas e pedestres sobre o fato de, segundo eles, a Prefeitura negar haver condições de conceder qualquer percentual de reajuste aos trabalhadores. Na oportunidade, eles lembravam o fato de o Governo de Alagoas, por exemplo, ter garantido 6,29% de reajuste aos servidores estaduais neste ano.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Maceió (Sindspref), Sidney Lopes, o protesto é uma forma de fazer com que a reivindicação dos servidores “não caia no esquecimento”. “Já que o Poder Judiciário decretou a greve ilegal, apesar de legítima, decidimos realizar esta manifestação para que o maceioense tenha conhecimento de nossa insatisfação”, comentou o sindicalista, acrescentando já ter recursado contra a decisão do Tribunal de Justiça.

“Agora, esperamos que a Justiça decida a nossa favor. Afinal, não podemos aceitar 0% de reajuste. Isso não existe”, desabafou Lopes, destacando o fato de o trabalhador já ter de arcar, por exemplo, com novo aumento da gasolina, após o governo federal elevar sua tributação.

Também participaram do ato realizado no cruzamento com a Rua Tereza de Azevedo integrantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e de vários sindicatos.

gazetaweb

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *