Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque Parentes de agropecuarista sumido vão ao IML após corpo ser localizado no Pilar

Parentes de agropecuarista sumido vão ao IML após corpo ser localizado no Pilar

0
0

Cadáver em estado de decomposição vestia roupas semelhantes ao desaparecido

Familiares do agropecuarista Cristóvão Rodrigues, de 61 anos, desaparecido há quase um mês, vão até o Instituto Médico Legal (IML) de Maceió, na manhã desta sexta-feira (01), para buscar esclarecimentos acerca de um corpo do sexo masculino, encontrado em adiantado estado de decomposição em área de canavial do município do Pilar. Eles querem buscar características que possam identificar o parente sumido.

O cadáver foi localizado no fim da tarde dessa quinta-feira (31) por cortadores de cana. Estava em meio às canas, em terras da Fazenda Lamarão, às margens da BR-316. Os trabalhadores sentiram o odor de putrefação e acharam os restos mortais.

Pelas características físicas, perceberam que se tratava de um homem vestido com uma camisa azul com listras brancas e calça jeans.

Peritos do Instituto de Criminalística (IC) fizeram uma análise inicial e funcionários do IML recolheram o corpo, que permanece sem identificação. Nenhum documento foi achado junto ao cadáver.

O secretário-adjunto de Segurança Pública, Manoel Acácio Júnior, disse que ainda é cedo para suspeitar de que o corpo achado no Pilar é mesmo do agropecuarista que desapareceu.

Os parentes disseram que ao desaparecer o agropecuarista vestia uma camisa azul e calça jeans. Por causa das vestimentas do corpo localizado no Pilar, eles decidiram ir ao IML para tirar a dúvida.

Pessoas próximas à família relatam que tem realizado buscas por conta própria, na tentativa de localizar Cristóvão. Ele foi visto pela última vez quando voltava da cidade de Murici com destino a Maceió. O agropecuarista conduzia uma caminhonete Ranger de cor preta e placa QLB-1274, trajando uma camisa azul e calça jeans.

A Polícia Civil definiu três linhas de investigação. De acordo com o delegado Guilherme Iusten, após depoimentos de testemunhas, a polícia trabalha com a possibilidade de crime passional, crime relacionado a negócios e uma disputa de terras.

Nota da Perícia Oficial

Devido à grande procura por informações sobre o corpo encontrado ontem no município do Pilar, a Perícia Oficial esclarece que até o momento o corpo que está em estado avançado de putrefação, permanece na sede do IML como não identificado.

Informamos ainda que não compareceu a unidade de medicina legal, nenhuma pessoa reclamando o referido corpo, ou para fazer um possível reconhecimento.

E mesmo que isso venha ocorrer, devido ao estado avançado de decomposição do corpo, a sua identificação oficial será realizada pelos exames de necropapiloscopia ou odontologia, e em último caso DNA.

Atenciosamente,

Aarão José

Assessor da Perícia Oficial do Estado de Alagoas

gazetaweb

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *