Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Arapiraca CidadesMinistério Público investiga possíveis irregularidades no âmbito da Saúde em São Sebastião

CidadesMinistério Público investiga possíveis irregularidades no âmbito da Saúde em São Sebastião

CidadesMinistério Público investiga possíveis irregularidades no âmbito da Saúde em São Sebastião
0
0

Estão sendo apuradas denúncias sobre atraso no pagamento de salários dos servidores, transportes de pacientes e verbas destinadas ao Programa de Saúde da Família (PSF).

O Diário Oficial do Estado (DOE) publicou nesta sexta-feira (22), as portarias que confirmam a instauração de procedimentos preparatórios para investigar supostas irregularidades no âmbito da saúde do município de São Sebastião, na região Agreste de Alagoas.

De acordo com informações obtidas pela reportagem estão sendo apuradas denúncias sobre atraso no pagamento de salários dos servidores, transportes de pacientes e sobre verbas destinadas ao Programa de Saúde da Família (PSF).

Os dois procedimentos foram assinados pela promotora Viviane Karla da Silva Farias.

Devido às denúncias de irregularidades foram solicitados esclarecimentos da gestão municipal e do Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde, Educação, e Administração do município.

Ficou determinado que no prazo de 10 dias sejam apresentadas as respostas ao Ministério Público Federal (MPF). Assim como também ficou determinado que todas as informações sobre os pagamentos dos médicos e dentistas sejam repassadas.

Em relação ao transporte que é utilizado para locomoção de pacientes para realizar o tratamento de hemodiálise no município de Arapiraca também passa por um procedimento investigatório.

Neste caso dos transportes dos pacientes renais, o município terá que apresentar em um prazo de cinco dias esclarecimentos sobre as denúncias e anexar documentos, junto com os termos de declarações e ofícios do Hospital Chama, onde os pacientes realizam dos tratamentos.

O Portal Diário Arapiraca entrou em contato com o prefeito de São Sebastião, mas os telefones estavam desligados ou fora da área de cobertura.

diarioarapiraca

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *