Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Alagoas SÃO FRANCISCO Obras de esgotamento sanitário auxiliam na preservação do Velho Chico

SÃO FRANCISCO Obras de esgotamento sanitário auxiliam na preservação do Velho Chico

SÃO FRANCISCO Obras de esgotamento sanitário auxiliam na preservação do Velho Chico
0
0

Secretaria de Estado da Infraestrutura executa obras em Piaçabuçu, Belo Monte, São Brás e Delmiro Gouveia, minimizando impactos no rio

O compromisso com a revitalização do rio São Francisco já é uma das principais preocupações do Governo de Alagoas. Em dois anos e meio, a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) tem investido mais de R$ 50 milhões em políticas de saneamento em cidades ribeirinhas, para garantir mais qualidade de vida à população do entorno e condições para salvar a bacia hidrográfica.

 

De acordo com o secretário de Estado da Infraestrutura, Humberto Carvalho, os atuais investimentos da pasta em obras de esgotamento sanitário e infraestrutura hídrica na região beneficiam mais de um milhão de pessoas que têm acesso à água do Velho Chico no Sertão e Agreste de Alagoas. Entre os municípios contemplados, estão Piaçabuçu, Belo Monte, São Brás e Delmiro Gouveia.

 

“Além da bacia hidrográfica do São Francisco ter grande importância para o Brasil, em razão do volume de água transportado ao Semiárido nordestino, também contribui, histórica e socioeconomicamente, para o desenvolvimento da região. Por isso, tão importante quanto revitalizá-lo é trabalhar com a prevenção”, destacou Humberto Carvalho.

Segundo o secretário, as medidas integram o Programa Estadual de Esgotamento Sanitário, lançado na atual gestão. A iniciativa tem como objetivo ampliar de 19% para 40% a cobertura de coleta e tratamento de esgoto no interior de Alagoas, assim como saltar de 35% para 70% na capital e deixar 100% dos serviços contratados.

 

“Quando um esgoto não é tratado, e muitas vezes sequer coletado, a gente sabe onde ele vai parar: no rio São Francisco. E a nossa missão é, justamente, evitar que isso aconteça. Então, os municípios de Delmiro Gouveia, Belo Monte, São Brás e Piaçabuçu são exemplos disso, com obras em plena execução”, destacou.

 

Nesses municípios, os investimentos são frutos de convênios com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf). Os sistemas são compostos por redes coletoras (tubulações que passam pelas residências); estações elevatórias (responsáveis pelo bombeamento do esgoto de áreas mais baixas para o ponto mais alto); e estação de tratamento.

 

Todos eles adotam modelo que possibilita mais de 90% de despoluição do esgoto recebido, o que contribui para a revitalização da bacia hidrográfica. Em Belo Monte, a obra, orçada em R$ 4,7 milhões, possui 47% dos trabalhos finalizados, com entrega prevista para fevereiro do próximo ano.

 

Já em São Brás, têm sido investidos R$ 7,5 milhões para a implantação do sistema de esgotamento. A obra encontra-se com 60% de execução. Em Delmiro Gouveia, outro sistema irá beneficiar 48 mil pessoas – 16% dos trabalhos já foram concluídos e, até o final, serão investidos cerca de R$ 18 milhões. No município de Piaçabuçu, serão R$ 14,5 milhões na implantação do novo sistema de esgotamento sanitário, já com 45% de conclusão, por meio da Seinfra.

 

Investimentos da Casal na região

 

Em paralelo, a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) investe R$ 1,5 milhão para reforçar o tratamento e a distribuição de água em Piaçabuçu, que sofre com a queda da vazão do rio. Os recursos são provenientes do Plano de Investimentos da empresa, lançado neste ano, que prevê a utilização de R$ 100 milhões – 50% próprios e os outros 50% do Estado – em obras, serviços e ações nos 77 municípios operados pela Companhia.

 

Segundo o presidente da Casal, Clécio Falcão, um dos principais problemas do município de Piaçabuçu é a salinização da água do rio São Francisco, na localidade onde é feita a captação. Por isso, será instalado um novo ponto de captação, distante seis quilômetros do atual, e implantados mais seis quilômetros de adutora, para fazer a interligação da nova área com o sistema antigo.

“Esperamos, com isso, diminuir a incidência da salinização e melhorar a oferta de água. A nossa previsão é de que, até o final de outubro, a nova captação, por meio do flutuante, bem como a obra de implantação da adutora, estejam concluídas”, salientou Clécio Falcão.

 

Outro município beneficiado com ações da Casal é Traipu. A Companhia investe cerca de R$ 500 mil, com recursos próprios, na substituição da rede de água. “Estamos fazendo a substituição de cerca de cinco quilômetros de rede. O objetivo é melhorar o abastecimento da cidade, uma vez que, com essa nova rede, a água vai chegar com mais pressão e em maior quantidade às residências. Contamos com a parceria da Prefeitura, que está fazendo a escavação e o reaterro das ruas”, explicou o presidente.

 

Ato em Defesa do São Francisco

 

A revitalização do rio São Francisco é um compromisso do próprio governador de Alagoas, Renan Filho, que, ao lado de Jackson Barreto, governador de Sergipe, promoveu Ato em Defesa do Velho Chico, na última sexta-feira (15), em Penedo. Na ocasião, foi lançado Grupo de Trabalho para a construção de uma proposta multissetorial para a recuperação da bacia hidrográfica, que terá participação direta da Seinfra e da Casal.

 

Agência Alagoas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *