Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Arapiraca Médicos da rede municipal são qualificados para atendimento às crianças

Médicos da rede municipal são qualificados para atendimento às crianças

Médicos da rede municipal são qualificados para atendimento às crianças
0
0

Médicos do Programa Saúde da Família (PSF) da capital do Agreste estiveram reunidos com um único objetivo: qualificar a  atenção especializada e hospitalar à criança no município.

“Investir na criança hoje é investir no presente e no futuro”, afirmou o médico pediatra, neonatologista e especialista em terapia intensiva, além de professor, Cláudio Soriano, sobre a importância do Fórum de Debates na Atenção Integral à Saúde da Criança: fluxo, referência e contrarreferência, organizado pela secretaria municipal de saúde através das superintendências de Atenção à Saúde (SAS) e a de Gestão do Trabalho e Educação Permanente, que aconteceu na tarde desta quarta-feira (27) no auditório do Centro de Referência Integrado de Arapiraca (Cria).

Lucas Ferreirafoto

Médicos do Programa Saúde da Família (PSF) da capital do Agreste estiveram reunidos com um único objetivo: qualificar a  atenção especializada e hospitalar à criança (de 0 a 12 anos) no município. “Queremos capacitar os profissionais para potencializar a assistência pediátrica no município estabelecendo uma rota e fluxo para evitar encaminhamentos desnecessários e otimizar o tempo de resposta para o paciente”, explicou o coordenador médico da prefeitura, Celso Marcos.

Lucas Ferreiramesa

Durante toda a tarde, o público presente discutiu puericultura, atendimento à demanda espontânea e critérios de encaminhamento (se para o Hospital, Espaço Nascer ou Telessaúde) e a Rede de Assistência à Saúde da Criança. Além de referência (indicação do que deve ser feito/necessidade da patologia) e contrarreferência (retorno da criança com o diagnóstico, medicação utilizada, alimentação, exames e recomendações).

“Toda criança que é atendida, mesmo sem sintomas e principalmente nos primeiros anos de vida, precisa passar por uma avaliação do estado nutricional, alimentar, vacional, desenvolvimento neuropscicomotor e emocional”, explicou  Cláudio Soriano. “Dessa forma eu garanto um diagnóstico precoce que muitas vezes pode salvar vidas”.

Lucas Ferreiramedico

A secretária de Saúde, Aurélia Fernandes, explicou que é importante que todos os profissionais da área estejam integrados às políticas públicas do município, estado e do Brasil. “O foco é o pleno desenvolvimento da criança, então ter uma atenção integral é essencial e capacitações como essa fazem com que os profissionais se comprometam ainda mais com o tema, que é um dos prioritários desta gestão”, garantiu Aurélia.

Assessoria

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *