Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque Conheça sete países que liberam visto de trabalho para brasileiros

Conheça sete países que liberam visto de trabalho para brasileiros

Conheça sete países que liberam visto de trabalho para brasileiros
0
0
O visto de trabalho é um fator essencial para quem busca permanecer nestes países pelo maior tempo possível.
Comunidade de brasileiros na Irlanda

Comunidade de brasileiros na IrlandaFoto: Reprodução

Espalhados em vários lugares do mundo, muitos brasileiros vão morar em outro país em busca de trabalho, estudo, relacionamentos e outros projetos. Entretanto, muitas vezes, partem com um grande objetivo: realizar o sonho de ter uma vida com mais oportunidades, que nem sempre encontram em sua terra natal. O visto de trabalho é um fator essencial para quem busca permanecer nestes países pelo maior tempo possível. A lista a seguir elenca sete países que oferecem o visto para brasileiros.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, de acordo com o último censo, realizado em 2010, são 500 mil brasileiros vivendo no exterior. O dado é discrepante ao do Ministério das Relações Exteriores, que traz uma estimativa de 2,5 milhões.

Estados Unidos
Apesar das novas restrições às políticas de imigração no país, ainda existem muitas oportunidades de trabalho com ganhos acima da realidade para muitos brasileiros. O processo é burocrático, mas acontece. Existem diversos vistos diferentes para imigrar – você pode ir como estudante, como contratado de uma empresa americana ou como funcionário de uma empresa internacional com sede nos Estados Unidos.

Irlanda
Os brasileiros são a maior comunidade estrangeira não europeia vivendo na Irlanda. O país permite a combinação de estudos, trabalho temporário e viagens. Existem algumas e restrições, mas, em geral, é possível ficar por um bom tempo com boas condições de qualidade de vida.

Canadá
Queridinho dos brasileiros nos últimos anos, o Canadá oferece a possibilidade de até 20 horas de trabalho por semana para estudantes de graduação sem precisar de autorização do governo para isso. Depois de concluir o curso, o estudante pode ficar trabalhando por mais três anos, e, após esse período, solicitar a permanência definitiva. A mesma regra de estudo e trabalho vale para cursos com pelo menos seis meses de duração.

Nova Zelândia
A Nova Zelândia é um dos países que oferecem as maiores facilidades para estrangeiros em busca de trabalho. É possível adquirir um visto de estudante e trabalhar por até 20 horas semanais, matriculando-se em qualquer curso com duração superior a 14 semanas. Se após o curso o estudante conseguir um emprego em área relevante para sua formação, pode adquirir o visto pós-estudo e continuar no país por mais dois anos. Para conseguir o visto permanente, é necessário dominar o inglês, ter reputação ilibada, e viver no país por no mínimo cinco anos.

Austrália
A Austrália também entra na lista dos países que mais facilitam o visto de trabalho. É possível trabalhar legalmente tanto temporariamente quanto permanentemente. Segundo o órgão responsável, nos últimos dois anos 1.141 brasileiros conseguiram a cidadania australiana.

Argentina
Por conta do acordo entre os países do Mercosul, imigrar para qualquer país pertencente ao grupo é mais fácil do que se imagina. Um brasileiro pode pedir um visto de residência temporária para estudar, que o permite trabalhar e também viajar, durante dois anos.

Uruguai
Assim como a Argentina, o Uruguai também faz parte do Mercosul, portanto há livre circulação de brasileiros por esses países. É possível trabalhar, estudar, viajar e até abrir empresas no país, desde que siga as orientações do guia do Ministério das Relações Exteriores.

Folhape

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *