Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Alagoas AGRICULTURA FAMILIAR Governador lança PAA estadual em Santana do Mundaú neste sábado (30)

AGRICULTURA FAMILIAR Governador lança PAA estadual em Santana do Mundaú neste sábado (30)

AGRICULTURA FAMILIAR Governador lança PAA estadual em Santana do Mundaú neste sábado (30)
0
0

Evento acontecerá às 10h, no ginásio de esporte do município

Com investimentos de R$ 15 milhões, provenientes do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep), o governador de Alagoas, Renan Filho, acompanhado do secretário Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Antônio Santiago, e do presidente da Emater, Elizeu Rego, lança, neste sábado (30), no município de Santana do Mundaú, o Programa de Aquisição de Alimentos Estadual (PAA).

 

Solenidade está prevista para as 10h, no ginásio de esportes municipal, com a participação do prefeito Arthur Freitas, lideranças locais, produtores rurais e representantes de cooperativas e associações comunitárias.

 

A PAA Alagoas (compra com doação simultânea) vai beneficiar 1.875 agricultores em 78 municípios alagoanos em todo o Estado, organizados por meio de associações e cooperativas, que poderão vender sua produção a preço justo. Além disso, aproximadamente, 25 mil famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional, receberão os produtos por meio de instituições integrantes da rede socioassistencial.

 

Entre os produtos já comercializados este ano, por meio do PAA estadual, junto aos pequenos produtores familiares estão batata-doce, abóbora, laranja, banana, abacaxi, inhame, macaxeira, entre outros.

 

Como explica o diretor-presidente da Emater, Elizeu Rêgo, Alagoas é a primeira unidade da Federação a criar o PAA Estadual e aportar recursos para executá-lo. Segundo ele, desde 2016, o governo federal vem reduzindo drasticamente o repasse de recursos do PAA federal, que caiu de R$ 25 milhões para apenas R$ 5,2 milhões em 2017.

 

O PAA estadual vai abastecer hospitais, restaurantes populares e o sistema prisional alagoano, beneficiando diretamente pequenos agricultores, com a compra de sua produção por preço justo, e, por outro, alimentando famílias com carência alimentar.

Agência Alagoas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *