Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Arapiraca Folia de Rua 2018 realiza vibrante encontro de gerações no Bosque das Arapiracas

Folia de Rua 2018 realiza vibrante encontro de gerações no Bosque das Arapiracas

Folia de Rua 2018 realiza vibrante encontro de gerações no Bosque das Arapiracas
0
0

 

O velho e o novo sempre se cruzam. Um passa o bastão para o outro, num exercício de eterna cumplicidade. Não há disputa – apenas conquista.

Foi nessa perspectiva que o Folia de Rua 2018 tomou as principais vias do Bosque das Arapiracas, neste sábado (27), no bairro do Centro.

Nos diversos blocos desfilando, muita vibração e um clima de paz vigorando nesta 14ª edição do evento, organizado este ano pela Liga dos Blocos de Arapiraca (LBA) com o apoio da Prefeitura de Arapiraca e da iniciativa privada.

“Como abre-alas, tivemos o Pinto da Madrugada, vindo diretamente de Maceió e saindo pela primeira vez de lá em 18 anos. Isso mostra a força que esta prévia tem ganhado, ano após ano. Fazemos isso com muito amor e fé nas pessoas que trabalham para que isso tudo dê certo”, diz o presidente da LBA, Jessé Júnior, empolgado com o resultado.

Na avenida, a Rainha do Carnaval 2018, Renata Reis, encantava a todos com seu carisma, juntamente com o avatar do Pinto – que foi um sucesso, sobretudo, com as crianças.

Logo atrás, quatro blocos que há mais de 30 anos não saíam no Carnaval: Zum Zum, fundado em 1966; Bandinha do Dedé, em 1967; A Pinta, em 1967; e Tengo Tengo, em 1972.

O lema do Folia de Rua neste 2018 foi “Arapiraca: Resgatando Tradições” e realmente coube muito bem nas relações que se estabeleceram na avenida. Um exemplo claro foi a estudante de Arquitetura e Urbanismo, Marissa Brito, ao lado dos pais Célia e Paulo Roberto, todos no bloco Zum Zum, evidenciando o encontro de gerações.

IMG_9919

Houve até um “romance” do Pinto da Madrugada e d’A Pinta (Fotos: Genival Silva e Samuel Alves)

Ainda mais gritante foi a presença do pequeno João Emmanuel, de apenas 6 meses de idade, de olhos e ouvidos bem abertos às cores e sons do frevo proclamado pelas bandas de metais tocando as melhores marchinhas possíveis.

Seu pai, o representante comercial Emmanuel Farias, de 34 anos, estava sem abadá, mas acompanhando tudo de pertinho. “É um momento realmente de congregação, de união das tribos, de confraternizar. Estou aqui sem beber porque estou dirigindo. Mas dá para a gente se divertir sem precisar do álcool. É uma festa que tem que ser brincada com consciência”, comenta ele, ao lado de sua esposa Ana Paula de Oliveira e seu outro filho Pedro Henrique, de 4 anos.

“O Folia de Rua este ano está bem mais organizado. Parabéns a todos por essa nova acolhida”, completa ele, que se juntou ao bloco A Pinta onde tinha familiares pulando por lá.

Ali perto, no foodtruck Soup Burgers, o empresário Diego Richard Amorim estava também a caráter. “A gente tem que entrar no clima! Até o nosso entregador está fantasiado”, conta ele, comemorando a movimentação e as boas vendas.

A Rainha do Carnaval 2017, que entregou a faixa para a atual, agora se tornou “Musa do Carnaval 2018”, título dado pela LBA. “Fico muito contente com isso tudo e em poder representar Arapiraca num evento dessa grandeza. Carnaval é sinônimo de alegria”, diz a técnica em enfermagem Fernanda Duarte, de 22 anos, que do ano passado para cá fez especializações e iniciou o curso também de Educação Física.

No mesmo passo, crianças e adultos, jovens e idosos se abraçavam dando a volta no Bosque numa espécie de “corrida em câmera lenta” para o êxtase momesco.

E, na comissão de frente disso tudo, o prefeito Rogério Teófilo e a primeira-dama Lúcia Cajueiro, a vice-prefeita Fabiana Pessoa e seu esposo, o deputado estadual Severino Pessoa, o secretariado municipal, o deputado estadual Rodrigo Cunha e a disposição de tornar Arapiraca ainda mais colorida.

Assessoria

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *