Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Uncategorized SENSIBILIZAÇÃO Hemoal orienta agentes de captação de doadores sangue do HGE

SENSIBILIZAÇÃO Hemoal orienta agentes de captação de doadores sangue do HGE

SENSIBILIZAÇÃO Hemoal orienta agentes de captação de doadores sangue do HGE
0
0

Esforço é uma tentativa de reverter à situação crítica dos estoques do Hemoal

Sem nenhuma bolsa de sangue do tipo O negativo, o Hemocentro de Alagoas (Hemoal) percorreu os postos de enfermagem e outros setores do Hospital Geral do Estado (HGE) , nesta terça-feira (30), com o intuito de sensibilizar os profissionais de saúde sobre a necessidade de serem agentes multiplicadores do apelo à doação.

 

Isso porque, as transfusões de sangue são de fundamental importância na recuperação das vítimas de traumas, de anêmicos e, principalmente, requisito na realização de cirurgias de alta complexidade.

 

O esforço é uma tentativa de reverter à situação crítica dos estoques do Hemoal, que no momento da ação contava com apenas 92 bolsas de sangue, quando a quantidade mínima deveria ser 300.

 

Conforme a gerência da hemorrede alagoana, os únicos tipos sanguíneos menos críticos são A+ (45 bolsas), A- (5) e AB – (2). Os demais estão extremamente críticos: O+ (28), B+ (8 bolsas), AB+ (3), B- (1) e O- (0).

 

“Durante as prévias e o feriado prolongado do Carnaval, as pessoas consomem mais bebidas alcoólicas e o tráfego de veículos cresce, principalmente nas estradas e cidades do interior, sugerindo aumento dos riscos de acidentes de trânsito. Isso acontecendo, as vítimas que necessitarem de socorro hospitalar irão precisar de transfusões de sangue”, argumentou a coordenadora do Núcleo de Captação de Doadores de Sangue do Hemoal, Maria das Graças Padilha.

 

A visita da equipe do Hemoal nos setores do maior hospital público de Alagoas é resultado da articulação do setor Qualidade de Vida no Trabalho (QVT), que é ligado às equipes de Valorização de Pessoas da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

 

A iniciativa busca evitar transtornos maiores na qualidade dos serviços de saúde oferecidos no HGE, em Maceió, e no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca, que continuarão funcionando nos dias de folia, durante 24 horas.

 

Para doação de sangue

 

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), para doar sangue é imprescindível que o voluntário tenha boa saúde, idade entre 16 e 69 anos e, no mínimo, 50 kg. No caso dos menores de 18 anos é recomendada a presença dos responsáveis – todos com documento de identificação oficial original.

 

Além desses pré-requisitos, o voluntário não pode ter contraído doença de Chagas, Aids, sífilis e hepatite após os 11 anos. Já quanto aos doadores que irão repetir o procedimento, estipula-se um intervalo de dois meses para os homens e três para as mulheres. Quanto às gestantes e lactantes, não é permitida a doação.

 

As doações de sangue podem ser realizadas na sede do Hemoal Trapiche, situada na Rua Dr. Jorge de Lima, próximo ao Estádio Rei Pelé. O órgão funciona das 7h às 18h, de segunda a sexta-feira; e das 8h às 17h, durante os sábados.

 

Também é possível se candidatar à doação de sangue no Hemoal Farol, situado no Hospital do Açúcar. A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h. No interior, as doações podem ocorrer no Hemoar, localizado na Rua Dr. Geraldo Barbosa, no Centro de Arapiraca, sempre de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30.

Agência Alagoas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *