Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque TCU suspeita de contrato milionário antes de votação de denúncia contra Temer na Câmara

TCU suspeita de contrato milionário antes de votação de denúncia contra Temer na Câmara

TCU suspeita de contrato milionário antes de votação de denúncia contra Temer na Câmara
0
0

Reportagem do jornal O Globo deste domingo (29) revela que o governo federal liberou um contrato de R$ 300 milhões às vésperas de a Câmara dos Deputados votar a primeira denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer (MDB) no ano passado. Temer, entretanto, livrou-se de responder a processo por corrupção na Justiça e se afastar do cargo.

O caso está no radar de auditores do Tribunal de Contas da União (TCU) por suspeita de desrespeito à Lei de Responsabilidade Fiscal.

De acodo com a publicação, no dia 31 de julho de 2017, o então ministro das Cidades Bruno Araújo (PSDB) anunciou em Salvador o contrato para a segunda fase das obras do sistema de Bus Rapid Transit (BRT) da capital baiana e assinou um compromisso de repasse de R$ 300 milhões, parte via FGTS e parte via Orçamento Geral da União.

O prefeito de Salvador e presidente do DEM, ACM Neto, também esteve no anúncio. A sigla é uma das principais da base aliada do governo Temer, e 23 deputados de sua bancada de 30 votaram para livrar o presidente da primeira denúncia na Câmara no dia 2 de agosto do ano passado.

Para os auditores do TCU, a liberação dos recursos desrespeitou a Lei de Responsabilidade Fiscal, pois a proposta foi assinada em meio a vários cortes na pasta e sem a conclusão de outros projetos em andamento.

 

bocaonews

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *