Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90

0
0
Foto: Divulgação

O juiz Jandir de Barros Carvalho, da 8ª Vara Criminal de Arapiraca, libertou José Anselmo Cavalcante Melo, o Pretinho Boiadeiro, e seu motorista, Dalbério José Menezes.

Os dois foram presos na quarta-feira, 2, acusados de porte ilegal de arma, associação criminosa e desobediência. O fato aconteceu na zona rural de Craíbas.

Conforme a decisão do magistrado, “a manutenção da prisão cautelar dos mesmos não se faz necessária, já que são tecnicamente primários, possuem bons antecedentes, residência fica e ocupação, havendo a presunção de que a liberdade não será um óbice à aplicação da lei penal”.

Depois da operação que resultou na prisão da dupla, a família Boiadeiro emitiu nota dando sua versão sobre o ocorrido. Conforme os familiares, “o delegado chegou dizendo que tinha um mandado em prisão em aberto, ou seja, confundiram o Preto com o outro irmão, o Baixinho Boiadeiro”.

Baixinho Boiadeiro está foragido sob a acusação de ser um dos assassinatos do vereador de Batalha, Tony Pretinho.

 

novoextra

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *