Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Brasil Delegado manda soltar homem preso por defecar em creche: ‘Não achou lugar melhor para obrar’

Delegado manda soltar homem preso por defecar em creche: ‘Não achou lugar melhor para obrar’

Delegado manda soltar homem preso por defecar em creche: ‘Não achou lugar melhor para obrar’
0
0

‘Conduzido é morador de rua e não achou lugar melhor para dar de corpo, obrar, grosso modo, esvaziar o intestino grosso, cagar, como se diz no idioma espontâneo do povo’, escreveu o titular

Despacho de delegado do Rio Grande do Norte chamou a atenção por expressões populares
Despacho de delegado do Rio Grande do Norte chamou a atenção por expressões populares – Reprodução

Rio – Um delegado de Natal, Rio Grande do Norte, mandou soltar um homem em situação de rua detido por pular o muro de uma creche para defecar. O seu despacho chamou a atenção por usar expressões que não são lidas com frequência em documentos policiais. No texto, o autor critica as autoridades pela condução de um inocente até a delegacia da Zona Norte da capital: “Cagalança geral, do prefeito ao secretário”, afirmou.

O delegado Aldo Lopes de Araújo assinou o despacho no domingo. Ele já ganhou prêmios de literatura e foi editor de cultura em um jornal de João Pessoa, Paraíba.

Despacho de delegado do Rio Grande do Norte chamou a atenção por expressões populares – Reprodução

“O conduzido é morador de rua, e não achou lugar melhor para dar de corpo, obrar, grosso modo, esvaziar o intestino grosso, cagar, como se diz no idioma espontâneo do povo”, escreveu.

Aldo afirma que o morador de rua é um brasileiro em típico estado de necessidade. ” Ele não tem casa nem privada onde possa arriar o barro, como se diz em nós”, argumentou.

O delegado que estava de plantão disse que o homem foi levado à delegacia “pelo simples fato de ter cagado no intramuros da repartição pública mal cuidada e mal vigiada, quando a cagada maior é dos administradores, a partir do momento em que não cuidam direito da segurança do prédio, um espaço destinado a prestar serviço público”.

odia

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *