Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque “Vou ser um governo de transição”, diz Marina Silva na TV

“Vou ser um governo de transição”, diz Marina Silva na TV

“Vou ser um governo de transição”, diz Marina Silva na TV
0
0

 

A candidata da Rede ao Palácio do Planalto, Marina Silva, foi a última sabatinada no “Jornal Nacional”. Em entrevista realizada na noite desta quinta-feira (30), a líder falou sobre a saída de sete integrantes da sigla, escrevendo uma carta sobre a inexistência de posicionamento para os grandes problemas do Brasil e a redução da bancada a metade.

“Vejo o processo de saída das pessoas do partido como natural da democracia. São pessoas com quem eu continuo mantendo relações de respeito. […] As divergências não são irresolvíveis”, afirmou Silva.

Sobre a derrubada da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), a ex-senadora relembrou: “Dissemos que o impeachment não era golpe, defendemos a legalidade, mas sabíamos que ele não chegaria a finalidade, porque Dilma e Temer eram farinha do mesmo saco”.

Os jornalistas William Bonner e Renata Vasconcelos também questionaram sobre a base de apoio que Marina vai levar ao Congresso. Ela disse acreditar que parlamentares com afinidade ideológica não devem sabotar o seu governo. “Uma pessoa experimentou isso [um governo de coalizão], o Itamar Franco. Quando ele assumiu, não tinha uma base”.

Marina também garantiu que não deve ficar mais do que quatro anos no poder e que é preciso acabar com a polarização na política. “Vou ser um governo de transição”, assegurou. Ela também minimizou o apoio ao senador Aécio Neves, então candidato à Presidência, em 2014. “Não tinha as informações que temos agora”, justificou.

bocaonews

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *