Home Destaque Suspeitos de assalto em AL e PE morrem após confronto com agentes da DEIC

Suspeitos de assalto em AL e PE morrem após confronto com agentes da DEIC

Suspeitos de assalto em AL e PE morrem após confronto com agentes da DEIC
0
0

Em operação deflagrada na madrugada, policiais abordaram dupla no conjunto Medeiros Neto, no bairro de Santa Amélia

Uma operação deflagrada pela Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC) prendeu uma quadrilha suspeita de assaltos a residências, sequestros e roubos de veículos. Durante a abordagem, na madrugada dessa terça-feira (4), no conjunto Medeiros Neto, bairro de Santa Amélia, dois integrantes do bando trocaram tiros com os agentes e acabaram atingidos, vindo a óbito no Hospital Geral do Estado (HGE). Os demais teriam empreendido fuga.

De acordo com informações a força-tarefa teve início às 22h, quando a polícia frustrou um assalto cometido pela quadrilha em uma residência, onde as vítimas eram mantidas reféns. Durante a ação, dois deles efetuaram disparos na viatura da DEIC e atiraram contra a guarnição.

Os militares, por sua vez, revidaram à investida criminosa e os suspeitos foram baleados, sendo socorridos até o HGE, mas não resistiram aos ferimentos. A dupla foi identificada como Flávio Maxsuel Boia de Souza, 26, e Pedro Ítalo Rogério da Silva, 22 anos.

Segundo a polícia, o bando costumava praticar crimes de assaltos a residências, sequestros e roubos de veículos em Alagoas e no estado de Pernambuco. O Setor de Inteligência da DEIC investigava o grupo criminosos há cerca de dois meses. O bando agia em Maceió e em municípios de Pernambuco.

Os agentes informaram que o bando é acusado de ter assaltado uma residência em Caruaru, no dia 31 de agosto, levando diversos pertences e um veículo Tucson de placa PGR-2181, que estava sendo usado pelos suspeitos no momento da abordagem. Após apresentação de fotografias, as vítimas reconheceram, de imediato, Flávio e Pedro como autores do assalto.

Ontem, por sua vez, o bando retornou a Caruaru e roubou mais uma residência, fazendo os moradores reféns e cometendo violência, ameaçando, inclusive, disparar na cabeça das vítimas. Na ação, eles subtraíram mais um veículo, uma caminhonete S10 prata, de placa OYS-3563, cuja chave foi encontrada em posse dos suspeitos, mas o veículo ainda não foi localizado.

Com os envolvidos, foram apreendidos dois revólveres calibre 38, a chave da caminhonete e um cartão de crédito de uma das vítimas, que chegou a ser utilizado em uma loja de autopeças no Tabuleiro e em um posto de combustíveis na Santa Amélia.

 

gazetaweb

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *