Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque PIONEIRISMO Alagoas ganha primeiro sistema de monitoramento de resíduos sólidos do NE

PIONEIRISMO Alagoas ganha primeiro sistema de monitoramento de resíduos sólidos do NE

PIONEIRISMO Alagoas ganha primeiro sistema de monitoramento de resíduos sólidos do NE
0
0

Estado é um dos cinco do país a utilizar o sistema que vai acompanhar da geração até a destinação final de resíduos e rejeitos

Alagoas é o primeiro Estado do Nordeste a implantar o Sistema de Gerenciamento Online de Resíduos Sólidos (SGORS). A ferramenta vai permitir que o Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL) garanta, de modo mais eficiente, o monitoramento da geração, transporte e das destinações intermediária e final dos resíduos sólidos e rejeitos gerados em território alagoano.

 

O Decreto Estadual nº 61.571, que oficializa o sistema, foi publicado no Diário Oficial do dia 9 de novembro. A publicação regulamenta o Artigo 4º da Lei Estadual nº 7749, que trata da criação do Sistema de Informação Estadual de Resíduos Sólidos. Além de Alagoas, o SGORS é utilizado em São Paulo, Santa Catarina, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

 

Segundo o gerente de Licenciamento do IMA/AL, Ermi Ferrari, trata-se “de um importante instrumento para a Política Estadual de Resíduos Sólidos”. “A partir de agora serão monitorados desde a geração até a destinação final dos resíduos sólidos e rejeitos, garantindo a destinação ambientalmente adequada”, explicou.

 

Além disso, o gerente afirma que, entre os produtos gerados, será possível ainda a disponibilização de um inventário e mapa estadual de resíduos que, por sua vez, poderá estar desenhado pela quantidade, geração, classe, entre outras informações.

 

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) deverá elaborar uma portaria que definirá o prazo para que o Sistema passe a ser obrigatório e único com validade para documentar o envio dos resíduos e rejeitos para destinação e disposição final.

 

Na prática, isso quer dizer que “os transportadores e destinadores com atividades no Estado de Alagoas não poderão transportar e nem receber resíduos sólidos e rejeitos com Manifesto de Transporte de Resíduos emitidos fora do Sistema, o que dará uma condição mais eficaz para o monitoramento”, comenta Ferrari.

Sistema vai possibilitar a disponibilização de um inventário e mapa estadual de resíduosSistema vai possibilitar a disponibilização de um inventário e mapa estadual de resíduosAscom IMA

Agência Alagoas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *