Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Cotidiano Encontrada em Rio Verde jovem da cidade Olivença espancada pelo marido que havia desaparecido com os filhos

Encontrada em Rio Verde jovem da cidade Olivença espancada pelo marido que havia desaparecido com os filhos

Encontrada em Rio Verde jovem da cidade Olivença espancada pelo marido que havia desaparecido com os filhos
0
0

Segundo a irmã de Erisvânia, que estava desaparecida desde o último domingo (9/12), a jovem decidiu fugir com os filhos após ser espancada pelo marido.

Uma jovem alagoana de 19 anos, que vive no município de Rio Verde há pouco menos de um ano e que estava desaparecida juntamente com os dois filhos pequenos desde o último domingo (9/12), foi encontrada na noite de ontem (12/12). Erisvânia da Silva Santos foi achada pela irmã, Edivânia da Silva, ainda em Rio Verde. Segundo sua outra irmã, Maria Edivalda Silva, que mora em Alagoas, Erisvânia foi espancada pelo marido e decidiu fugir com os dois filhos. Ela estava a caminho de Alagoas quando foi encontrada.

Desde o último domingo, dia do desaparecimento de Erisvânia, a família da jovem se encontrava em desespero pela falta de notícias. Erisvânia, que vive em Goiás com os dois filhos, um menino de 6 e uma menina de 4 anos, há menos de um ano, morava com um homem que conheceu em Rio Verde, somente identificado como Jailson. De acordo com Maria Edivalda, a irmã havia desaparecido sem dar notícias.

Através de posts no Facebook e no Whatsapp, Maria Edivalda começou a pedir a ajuda de familiares, conhecidos e amigos para obter informações sobre o paradeiro da irmã. E foi graças a uma dessas postagens que uma pessoa que encontrou Erisvânia ligou para sua irmã que vive em Goiás, Edivânia, relatando o local onde estava a moça.

De acordo com Maria Edivalda, Erisvânia era constantemente agredida pelo marido e comentava com as amigas que iria embora sem deixar rastros caso a situação de violência doméstica continuasse. Maria Edivalda conta que no domingo, dia 9/12, a irmã foi espancada pelo companheiro, Jailson, e foi quando decidiu fugir. “Ela foi encontrada toda roxa, por causa do espancamento que ela sofreu. Ele batia muito nela”, revela.

Irmã de alagoana que vivia em Rio Verde teme que marido agressor a encontre

Maria Edivalda ainda conta que a irmã foi encontrada a caminho de Alagoas, e preferiu não revelar o local exato, temendo pela segurança de Erisvânia. “Ela está voltando pra cá [Alagoas], e ele [Jailson] não sabe onde ela está. A gente não está contando por medo dele ir atrás dela”, conta.

A irmã de Erisvânia conta que, apesar dos hematomas e marcas do espancamento, ela e os filhos estavam bem quando foram encontrados.

diaonline.r7

 

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *