Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Mundo Comentarista antivacinas morre de Gripe H1N1 aos 26 anos nos EUA

Comentarista antivacinas morre de Gripe H1N1 aos 26 anos nos EUA

Comentarista antivacinas morre de Gripe H1N1 aos 26 anos nos EUA
0
0

A comentarista conservadora Bre Payton se posicionava abertamente contra as vacinas.

Bre Payton, comentarista e redatora da ‘The Federalist’, uma publicação conservadora online, morreu no último dia 28 de dezembro. A notícia da sua morte foi dada pela publicação no mesmo dia, indicando que a norte-americana tinha sucumbido a uma “doença súbita”.
Os colegas da comentarista haviam indicado anteriormente através das redes sociais que ela tinha sido encontrada no seu quarto por uma amiga, no dia anterior à sua morte, quase sem respirar e sem reagir. Os exames revelaram que Bre tinha Gripe A (H1N1) e meningite.

A notícia da morte de Bre volta agora a ser falada porque a também comentarista ocasional da Fox News era anti-vacinação, definindo as vacinas como “o demônio”, conforme pode ver abaixo.

Algumas publicações, como o El Mundo, esclarecem que a vacinação ou o tratamento adequado dos seus sintomas poderiam ter salvo a sua vida.

Lembrando que a Gripe A, na maioria dos casos, apresenta os sintomas de uma gripe normal (febre, dores no corpo, tosse, expectoração, coriza) ou gastroenterite (febre, diarreia, vômitos). Já existe uma vacina contra este tipo de gripe. A meningite também conta com significativos progressos em termos de tratamento antibiótico, embora a taxa de mortalidade inerente a esta infecção permaneça elevada, entre 5 e 15%.

noticiasaominuto/ FOX NEWS

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *