Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Brasil STF manda suspender investigação de Queiroz, ex-assessor do filho de Bolsonaro

STF manda suspender investigação de Queiroz, ex-assessor do filho de Bolsonaro

STF manda suspender investigação de Queiroz, ex-assessor do filho de Bolsonaro
0
0

 

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou a suspensão das investigações do caso envolvendo Fabrício Queiroz, ex-assessor do filho de Jair Bolsonaro (PSL), Flávio Bolsonaro (PSL). A decisão foi expedida nesta quinta-feira (17).

Segundo o Ministério Público do Rio de Janeiro, a determinação do Supremo atinge também investigações de outros parlamentares da Assembleia Legislativa (ALERJ) suspeitos de movimentações financeiras atípicas.

No entanto, o MP-RJ ainda não tem informações sobre o motivo da suspensão da investigação. “Pelo fato do procedimento tramitar sob absoluto sigilo, reiterado na decisão do STF, o MPRJ não se manifestará sobre o mérito da decisão”, informou o órgão, por meio de nota, conforme publicação do jornal O Estado de S. Paulo.

O policial militar Fabrício Queiroz se tornou o principal personagem no caso que trouxe as primeiras dores de cabeça ao novo governo de Jair Bolsonaro após a eleição. Na terça-feira (15), uma reportagem do Estadão mostrou que o padrão das movimentações atípicas de Queiroz se repetiu nas contas bancárias de ao menos outros 28 servidores da Alerj, segundo relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Leia a nota do MP

“O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) informa que em razão de decisão cautelar proferida nos autos da Reclamação de nº 32989, ajuizada perante o Supremo Tribunal Federal (STF), foi determinada a suspensão do procedimento investigatório criminal que apura movimentações financeiras atípicas de Fabricio Queiroz e outros, “até que o Relator da Reclamação se pronuncie. Pelo fato do procedimento tramitar sob absoluto sigilo, reiterado na decisão do STF, o MPRJ não se manifestará sobre o mérito da decisão”.

bocaonews

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *