Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque Descobertas 50 múmias por arqueólogos egípcios. Doze são de crianças

Descobertas 50 múmias por arqueólogos egípcios. Doze são de crianças

Descobertas 50 múmias por arqueólogos egípcios. Doze são de crianças
0
0

Achado arqueológico estava em quatro câmaras a nove metros de profundidade, em Miniya, a sul do Cairo.

Cinquenta múmias que datam da era ptolomaica (305-30 Antes de Cristo) foram encontradas por arqueólogos egípcios, anunciou o ministério de antiguidades do país africano. A descoberta desta tumba faraónica é o primeiro grande achado arqueológico de 2019.

As múmias, das quais 12 eram crianças, foram encontradas em quatro câmaras funerárias de nove metros de profundidade no lugar de Atum El-Gebel em Minya, a sul da capital Cairo. Algumas das múmias estavam embrulhadas em linho, outras em caixões de pedra ou sarcófagos de madeira.

As identidades são desconhecidas para já, disseram as autoridades, mas provavelmente ocupariam cargos importantes. “Não encontramos nomes escritos em hieróglifos”, disse Mostafa Waziri, secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidade, acrescentando que era óbvio, pelo método de mumificação, que entre os indivíduos cujos restos foram encontrados alguns ocupariam posições importantes ou de prestígio.

A descoberta arqueológica foi a primeira de 2019 e foi realizada por uma missão conjunta do Centro de Pesquisa para Estudos Arqueológicos da Universidade de Minya.

DN.PT

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *