Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque EDUCAÇÃO Governador anuncia rateio de recursos do Fundeb para 12 mil professores e monitores

EDUCAÇÃO Governador anuncia rateio de recursos do Fundeb para 12 mil professores e monitores

EDUCAÇÃO Governador anuncia rateio de recursos do Fundeb para 12 mil professores e monitores
0
0

Renan Filho visitou escola em Maceió, anunciou o lançamento do Escola 10 em 2019 e garantiu a ampliação do número de unidades em tempo integral

O governador Renan Filho anunciou, nesta terça-feira (5), durante visita à Escola Maria das Graças Sá Teixeira, no bairro do Feitosa, em Maceió, que o rateio de recursos do Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) deverá beneficiar cerca de 12 mil professores e monitores alagoanos. Segundo o governador, serão divididos mais de R$ 31 milhões entre professores efetivos e monitores que prestam serviços para a Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

“Estamos aguardando a Assembleia Legislativa aprovar o projeto de lei do rateio do Fundeb para a gente pagar esse 14º salário dos professores, e teremos também um bônus para aquelas escolas que cumpriram as metas estabelecidas pelo Ministério da Educação. Todos os professores serão beneficiados pelo rateio. Ontem [segunda-feira, 4], pelas redes sociais, eu falei seis mil porque esse é o número de professores efetivos, mas os monitores também vão receber proporcionalmente ao período em que prestaram serviço. Aquelas escolas que bateram as metas pactuadas pelo Ideb [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica] também vão receber um bônus pelo cumprimento, que eu chamei de 15º salário. Na primeira sessão deliberativa da Assembleia, isso deve ser aprovado”, explicou Renan Filho.

Ao lado do vice-governador e secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa, Renan Filho recepcionou os alunos da Escola Maria das Graças em seu segundo dia de aula e anunciou o lançamento da versão 2019 do programa Escola 10, que acontece no dia 18 de fevereiro. “O Escola 10 de 2019 vai executar uma série de ações para fortalecer a aprendizagem, a preparação dos alunos, visando um bom resultado no Ideb deste ano. Para isso, também já providenciamos material didático. Conseguimos o conteúdo e rodamos os livros na Imprensa Oficial Graciliano Ramos. Isso garante preço mais barato, material mais conectado com as novas tendências, e garante que esses livros vão chegar à escola, porque o interesse é fortalecer a aprendizagem do aluno”, observou Renan Filho.

“O material vai ser mais uma ferramenta para que os professores, os coordenadores, os diretores das escolas possam incrementar ainda mais o ensino e, quando sair o resultado do Ideb lá em 2020, Alagoas de novo seja destaque nacional”, afirmou o governador.

Márcio Ferreira

 

Segundo o secretário Luciano Barbosa, os livros serão entregues na mesma data do lançamento do Escola 10, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, no bairro de Jaraguá: “Será uma grande reunião com articuladores de ensino, diretores de escolas, professores, prefeitos e secretários de Educação, para darmos um pontapé inicial para a prova do Ideb, que será feita em outubro. Estamos confeccionando 550 mil livros para todos os alunos, que serão distribuídos no dia 18 para todo o ensino médio da rede estadual”.

“Pela primeira vez, estamos fazendo também um caderno de alfabetização para despertar o aluno para a leitura, e estamos apoiando os municípios, entregando uma bolsa para os articuladores de ensino, que são professores efetivos das redes municipais que trabalham a qualidade da educação naquela cidade. Nossa meta é colocar o Estado de Alagoas entre os dez no Ideb do Brasil. Hoje estamos em 16º e antes éramos os últimos colocados”, complementou o secretário.

Durante a visita, Luciano Barbosa também confirmou a retomada da construção do ginásio de esportes da Escola Maria das Graças, obra iniciada anos atrás e interrompida devido à falência da empresa contratada. “É um compromisso assumido pelo governo com essa escola. Estamos tratando de uma indenização por parte da empresa que abandonou a obra para que possamos fazer uma nova licitação e terminar esse ginásio, que é só o que está faltando nessa unidade para termos o padrão condizente com o que pretendemos para a educação pública no Estado”, garantiu.

Tempo integral e calendário

De acordo com o governador Renan Filho, o Estado também mantém a programação para abertura de novas escolas em tempo integral. Atualmente, 53 unidades já contam com essa modalidade. “Vamos ampliar o número de escolas em tempo integral em 2019, 2020, 2021… Nos próximos dias, vamos sentar com o secretário Luciano para fazer esse planejamento porque a gente precisa levar a escola em tempo integral, até o final deste governo, para aproximadamente 50% das escolas de Alagoas. Esse é o desafio. O ensino em tempo integral está tomando conta das escolas. O aluno prefere, os pais preferem e nós vamos estruturar esse planejamento para que a gente avance até 2022”, disse Renan Filho.

Márcio Ferreira

 

A importância da adaptação do calendário de aulas das escolas públicas do Estado com o calendário das escolas particulares também foi apontada pelo governador Renan Filho. “Em Alagoas, o ano letivo chegava a começar quase em abril e não terminava em dezembro. Agora, o ano letivo está começando nas escolas públicas estaduais no mesmo período das escolas particulares, porque dá tempo de todo mundo estudar, o aluno tem o ano dentro da normalidade, os professores também garantem o seu calendário ajustado, e este ano com algumas novidades no Estado, como o reforço em Matemática e Português, que tiveram a carga horária ampliada para fortalecer o aprendizado. Isso é fundamental porque garante ao aluno mais condições de uma melhor formação. Essa é uma mudança de postura muito importante”, avaliou.

“É um novo momento que vive a educação em Alagoas, com escolas novas, com os alunos percebendo as melhorias, com a construção de ginásios de esporte, com o salário e todos os compromissos do Estado em dia. Esse é o caminho que a educação precisa seguir e é por isso que a gente teve um bom desempenho do Ideb feito em 2017 e cujo resultado foi divulgado no ano passado. A gente espera no Ideb deste ano um resultado ainda melhor que o anterior”, afirmou o governador.

 

Márcio Ferreira
Márcio Ferreira
Márcio Ferreira
Márcio Ferreira
Márcio Ferreira
Márcio Ferreira
Márcio Ferreira
Márcio Ferreira
Márcio Ferreira
Márcio Ferreira
Agência Alagoas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *