Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Alagoas EFICIÊNCIA Polícia Civil reduz impunidade e aumenta índice de elucidação de assassinatos em Maceió

EFICIÊNCIA Polícia Civil reduz impunidade e aumenta índice de elucidação de assassinatos em Maceió

EFICIÊNCIA Polícia Civil reduz impunidade e aumenta índice de elucidação de assassinatos em Maceió
0
0

Nos primeiros quatro meses deste ano, 75% dos homicídios na capital foram esclarecidos; número de prisões e apreensões também cresceu

Dados da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoas da Capital (DHPP) mostram que a Polícia Civil de Alagoas esclareceu 75% dos assassinatos ocorridos em Maceió de janeiro a abril deste ano. O levantamento foi apresentado nesta terça-feira (21) pelo coordenador da DHPP, Eduardo Mero, ao Conselho Superior da Polícia Civil (Consupoc).

 

O delegado Eduardo Mero informou que, dos 142 homicídios acontecidos nos quatro primeiros meses deste ano, 121 tiveram os inquéritos policiais concluídos. Destes, 91 tiveram os nomes dos autores indicados à Justiça e outros 30 foram concluídos sem autoria.

 

O número de prisões de autores dos assassinatos, neste mesmo período, mostra a redução da impunidade no estado. Ao todo, foram 99 detenções. “Se contabilizarmos as prisões ocorridas já no mês de maio, esse número chega a 106”, acrescentou o delegado, na reunião presidida pela delegada-geral adjunta, Kátia Emanuelly, que substituiu o delegado-geral, Paulo Cerqueira.

 

Outro dado importante é que 83% das prisões ou apreensões foram mantidas pela Justiça, o que indica a eficiência das investigações e da elaboração dos inquéritos policiais. “A manutenção das prisões reduz a sensação de impunidade e inibe a prática de novos crimes”, destacou.

 

O delegado-geral Paulo Cerqueira afirma que os significativos índices de elucidação de homicídio, na capital, estão alinhados à orientação do governador Renan Filho e do secretário de Segurança Pública, coronel Lima Júnior, o que proporciona, mês a mês, a redução no número de assassinatos em todo o estado. “O trabalho que estamos realizando faz com que o criminoso saiba que não ficará impune em Alagoas”, completa.

Delegado Eduardo Mero apresenta números de levantamento em reunião do Consupoc (Foto: Ascom PCAL)
Delegado Eduardo Mero apresenta números de levantamento em reunião do Consupoc (Foto: Ascom PCAL)
Delegado Eduardo Mero apresenta números de levantamento em reunião do Consupoc (Foto: Ascom PCAL)
Delegado Eduardo Mero apresenta números de levantamento em reunião do Consupoc (Foto: Ascom PCAL)

 

Agência Alagoas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *