Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Arapiraca SECRETARIA DE SAÚDE EMITE NOTA ATUALIZADA SOBRE INFLUENZA (H1N1) NO MUNICÍPIO

SECRETARIA DE SAÚDE EMITE NOTA ATUALIZADA SOBRE INFLUENZA (H1N1) NO MUNICÍPIO

SECRETARIA DE SAÚDE EMITE NOTA ATUALIZADA SOBRE INFLUENZA (H1N1) NO MUNICÍPIO
0
0

A Prefeitura de Arapiraca, através da Secretaria Municipal de Saúde, publica, nesta terça-feira (25), nota atualizada com informações a respeito da situação de Influenza H1N1 no município de Arapiraca. No período de maio a junho registra o número de três óbitos confirmados com a doença.

“A Secretaria se coloca à disposição dos profissionais de saúde do Município e a população em geral para esclarecimentos que se fizerem necessários sobre questões relacionadas à Influenza”, afirmou Glifson Magalhães, secretário  Municipal de Saúde.

Nota:

ATUALIZAÇÃO SOBRE INFLUENZA (H1N1) NO MUNICÍPIO DE ARAPIRACA

A Secretaria Municipal de Saúde vem atualizar a informação a respeito da situação de Influenza H1N1 no município de Arapiraca, que conta com a confirmação de três óbitos por Influenza A – H1N1 nos meses de maio e junho/2019, com 2 óbitos em adultos e 1 óbito em criança, dos bairros Planalto, Novo Horizonte e Santa Edwiges.

Pelo fato de não ter sido registrado deslocamentos dos pacientes para outras cidades/estados onde estão tendo casos, pode se afirmar que existe a circulação do vírus no município de Arapiraca, e chamar a atenção da população para a necessidade de manter a vigilância do adoecimento por gripe, levando em consideração os sinais e sintomas elencados pelo Ministério da Saúde, devendo procurar uma Unidade Básica de Saúde perto de sua residência para o atendimento médico, que pode estar fazendo a avaliação e a suspeição diagnóstica, iniciando o protocolo de tratamento, bem como encaminhando para hospitalização os casos que apresentarem a devida necessidade.

1 – A gripe, ou influenza sazonal, inicia-se em geral com febre alta, seguida de dor muscular, dor de garganta, dor de cabeça, coriza e tosse.
2 – A febre é o sintoma mais importante e dura em torno de três dias. Os sintomas respiratórios como a tosse e outros, tornam-se mais evidentes com a progressão da doença e mantêm-se em geral de três a cinco dias após o desaparecimento da febre.
3 – Alguns casos apresentam complicações graves, como pneumonia, necessitando de internação hospitalar. Devido aos sintomas em comum, pode ser confundida com outras viroses respiratórias causadoras de resfriado.
4 – Os grupos prioritários que merecem maior atenção são idosos, crianças, gestantes e pessoas com alguma comorbidade, pois possuem um risco maior de desenvolver complicações devido à influenza.
5 – Recomenda-se a adoção das seguintes medidas preventivas:
• Cobrir o nariz e a boca com lenço, ao tossir ou espirrar, e descartar o lenço no lixo após uso.
• Lavar as mãos com água e sabão após tossir ou espirrar.
• No caso de não haver disponibilidade de água e sabão, usar álcool gel.
•Evitar tocar olhos, nariz ou boca.
6 – A Secretaria Municipal de Saúde de Arapiraca coloca-se à disposição para os esclarecimentos que se fizerem necessários.

Arapiraca, 25 de junho de 2019.

Aglaí Tojal da Silva Varjão
Superintendente de Vigilância em Saúde

Rafaella Souza Albuquerque
Superintendente de Atenção à Saúde

Glifson Magalhães dos Santos
Secretário Municipal de Saúde

Assessoria

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *