Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque Homicida que matou idoso em Olho D`Águas das Flores já cometeu outros homicídios

Homicida que matou idoso em Olho D`Águas das Flores já cometeu outros homicídios

Homicida que matou idoso em  Olho D`Águas das Flores já cometeu outros homicídios
0
0
José Antônio de Jesus Silva, acusado de homicídio contra idoso em Olho D’água das Flores

O autor do crime bárbaro registrado na madrugada da última quinta-feira (25/07), na cidade de Olho D’ Água das Flores, onde um idoso foi assassinado a socos e chutes, foi identificado pela Polícia Civil (PC-AL).

O  nome verdadeiro do autor é José Antônio de Jesus Silva, de 29 anos e não Alex, como foi divulgado no primeiro momento.

José Antônio é o responsável por uma tentativa de homicídio na cidade de Itupeva, no interior de São Paulo, no ano de 2015, contra sua então companheira. Além desse crime, ele também é acusado executar em 2017 uma outra mulher com quem convivia.

Após a primeira tentativa de feminicídio, José Antônio chegou a ser preso, mas, um ano depois, ganhou liberdade, quando sua segunda mulher pagou sua fiança. Existe um mandado de prisão para o homem com validade até 05 de outubro de 2037.

Exatamente esta segunda companheira foi encontrada morta por populares dentro de um quarto, na residência em que morava, e o principal suspeito do homicídio é José Antônio, que esteve foragido até os dias atuais. Acredita-se ainda que o mesmo homem seja responsável por outros crimes semelhantes em Senador Rui Palmeira, cidade próxima à Olho D’água das Flores.

A Polícia acredita que o nome Alex, usado em Alagoas, era um disfarce para não ser identificado pelas autoridades. Desde o registro do crime contra Gildo Maximino de Carvalho, de 72 anos, na madrugada desta quinta (25/07), as Polícias Civil e Militar fazem buscas para tentar capturar o acusado, tanto no município de Senador Rui Palmeira, cidade onde reside seus familiares, como em Olho D’ Água das Flores.

Quem souber do paradeiro de José Antônio de Jesus Silva, pode falar com a delegacia pelo telefone (82) 3621-2006 ou ligar para o batalhão, pelo telefone 3621-3146, além do Disque Denúncia da Polícia Civil pelo número 181. A identidade do denunciante será resguardada.

Confira a matéria do programa Cidade Alerta, da TV Record, em outubro de 2017, sobre o crime de homicídio de José Antônio contra uma de suas companheiras:

NN1

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *