Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque Ação conjunta prende em São Paulo duas pessoas por homicídios no Sertão de Alagoas

Ação conjunta prende em São Paulo duas pessoas por homicídios no Sertão de Alagoas

Ação conjunta prende em São Paulo duas pessoas por homicídios no Sertão de Alagoas
0
0

Uma ação conjunta das Polícias Civis de Alagoas e de São Paulo, na tarde desta terça-feira (30), resultou nas prisões de duas pessoas suspeitas de term praticado homicídios no Sertão alagoano. os dois estavam foragidos e se encontravam em municípios do interior paulista.

De acordo com o delegado distrital de Piranhas-AL, a primeira prisão foi a de Hildebrando Nunes da Silva, acusado de coautoria de um homicídio ocorrido na Rodovia Altemar Dutra (AL-220), no dia 06 de junho de 2009, no município de Piranhas, no Sertão de Alagoas.

Hildebrando Nunes da Silva foi preso na cidade de Bragança Paulista-SP, na ação conjunta da Delegacia de Polícia de Piranhas-AL e da Delegacia de Polícia do município do interior paulista.

A partir de informações colhidas com o delegado de Piranhas, Daniel Mayer, o homicídio praticado por Hildebrando Nunes, em 2009, teve como vítima Osvaldo Santos, conhecido como “Braúna”, e a motivação foi uma “briga que ocorreu no Bar do Ione por causa de uma divisão da conta cobrada pelo consumo de bebida alcoólica no estabelecimento.

Segundo o delegado Rodrigo Cavalcanti, Delegado Regional de Delmiro Gouveia, o trabalho de inteligência está sendo muito fortalecido na Polícia Civil da região sertaneja. “E foi graças a esta atuação da Distrital de Piranhas e da Regional de Delmiro Gouveia, em conjunto com a Delegacia de Bragança Paulista-SP que resultou na localização e prisão do réu que estava foragido desde 2009, quando cometeu o homicídio”, frisou.

Também como decorrência das operações de inteligência deflagradas no dia de hoje  pela Polícia Civil de Piranhas e da Delegacia Regional de Delmiro Gouveia em conjunto com a Polícia Civil de São Paulo, foi preso João Benedito Filho, no município de Itajobi-SP.

“João Filho estava foragido desde o ano de 2010 pelo crime de porte ilegal de arma de fogo, cometido no Município de Piranhas-AL”, disse o delegado Daniel Mayer.

Participaram da coordenação tática da operação os delegados Cícero Lima, Rodrigo Rocha Cavalcanti e Daniel Mayer, da Polícia Civil de Alagoas; e os delegados Waldir Baldo Neto e Wagner Luiz Lioi Modesto, da Polícia Civil de São Paulo.

PC.AL

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *