Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Cultura PIONEIRO Secretário de Comunicação Ênio Lins recebe a Comenda Audálio Dantas na segunda-feira (5)

PIONEIRO Secretário de Comunicação Ênio Lins recebe a Comenda Audálio Dantas na segunda-feira (5)

PIONEIRO Secretário de Comunicação Ênio Lins recebe a Comenda Audálio Dantas na segunda-feira (5)
0
0

Honraria foi criada pelo deputado Davi Davino para homenagear personalidades que se destacam na comunicação alagoana

 

Solenidade contará com a presença de jornalistas, autoridades do governo estadual e municipal e da família e amigos do homenageadoSolenidade contará com a presença de jornalistas, autoridades do governo estadual e municipal e da família e amigos do homenageadoCharge: Phablo Lima

Texto de Natália Souza

O jornalista e secretário de Estado da Comunicação Ênio Lins será agraciado com a Comenda Jornalista Audálio Dantas na próxima segunda-feira (5), às 15h, no plenário da Assembleia Legislativa de Alagoas. A comenda foi criada pelo deputado estadual Davi Davino Filho (PP), em 2018, para homenagear as personalidades que se destacam nos diversos segmentos da comunicação alagoana.

“Pensamos muito sobre quem seria o primeiro homenageado com a comenda e a escolha não poderia ser diferente. O jornalista Ênio Lins prestou relevantes serviços à sociedade alagoana, seja com sua charge, sempre pontuais, ou com textos e até mesmo como gestor em grupos de comunicação e na esfera pública”, afirma Davi Davino. “A atuação de Ênio, inclusive, converge bastante com os feitos do jornalista Audálio Dantas, principalmente na participação ativa de movimentos sociais”, completa.

A solenidade contará com a presença de jornalistas, autoridades do governo estadual e municipal e da família e amigos do homenageado. “Todos os comunicadores estão convidados a participar desse momento que está sendo preparado com muito carinho”, disse Davino.

Audálio Dantas

O alagoano de Tanque D’Arca, Audálio Dantas, começou sua carreira como repórter em 1954, no jornal Folha da Manhã (atual Folha de São Paulo). Ele também passou pela redação da revista O Cruzeiro, onde foi redator e chefe de reportagem e pela Quatro Rodas. Na revista Realidade, Audálio se destacou pelas grandes reportagens, principalmente ao desbravar o Litoral e Sertão nordestino.

Ele teve um importante papel como líder sindical à frente do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo e na FENAJ, onde chegou a denunciar barbáries durante o período da ditadura, incluindo a morte do jornalista Vladimir Herzog. Em 1978, foi eleito deputado federal pelo Estado de São Paulo.

Algumas de suas obras incluem a biografia de Vlado Herzog, do também alagoano Graciliano Ramos, do escritor e cartunista Ziraldo, entre outras.

Audálio morreu aos 88 anos, no dia 30 de maio de 2018.

Agência Alagoas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *