Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque Homem que espancou e matou idoso em Olho D`Água das Flores é preso em São Paulo

Homem que espancou e matou idoso em Olho D`Água das Flores é preso em São Paulo

Homem que espancou e matou idoso em Olho D`Água das Flores é preso em São Paulo
0
0

José Antônio de Jesus Silva, de 29 anos, aparece em imagens de câmeras de segurança batendo em vítima de 72 anos até a morte

José Antônio de Jesus Silva, de 29 anos, e a cúmplice Maria Angelina Silva, de 30 anos. Foto: Divulgação

José Antônio de Jesus Silva, de 29 anos, e a cúmplice Maria Angelina Silva, de 30 anos. Foto: Divulgação

O homem identificado como o assassino de Gilson Maximino de Carvalho, 72 anos, foi preso pelas polícias Militar e Civil de São Paulo na tarde desta quinta-feira (22). José Antônio de Jesus Silva, de 29 anos, aparece em imagens de câmeras de segurança espancando o idoso até a morte na cidade de Olho D’Água das Flores, no Sertão de Alagoas. O crime aconteceu em julho deste ano.

 

Apontada como cúmplice do crime, a companheira de José Antônio, Maria Angelina Silva, de 30 anos, também foi presa. Ela aparece na garupa da motocicleta do assassino no dia do crime.

A ação policial aconteceu no município de Cândido Mota, próximo da divisa do estado de São Paulo com o Paraná. Os agentes chegaram até o suspeito após o trabalho de investigação do serviço de inteligência da polícia alagoana. Policiais civis do 2ª Delegacia Regional de Polícia de Santana do Ipanema, onde o caso era investigado, receberam informações sobre o paradeiro do casal e passaram para a polícia paulista.

O casal estava em uma área rural da cidade. A polícia paulista investiga se José Antônio mantinha a cúmplice em cárcere privado na residência onde eles foram encontrados. Ele é acusado de agredir a companheira.

José Antônio é foragido da Justiça de São Paulo, acusado de assassinar a mulher com quem vivia em 2015 e de tentar matar a ex-esposa. O casal foi levado para a delegacia de Cândido Mota onde permanece detidos à disposição da Justiça.

Com op9

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *