Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque Presidiário grava vídeo dançando reggae dentro de cela no Baldomero Cavalcanti, em Maceió

Presidiário grava vídeo dançando reggae dentro de cela no Baldomero Cavalcanti, em Maceió

Presidiário grava vídeo dançando reggae dentro de cela no Baldomero Cavalcanti, em Maceió
0
0

No vídeo, o preso dança e manda recado para os comparsas: ‘Estou chegando’

Um vídeo que está circulando nas redes sociais mostra um presidiário dançando reggae dentro de uma das celas do Presídio Baldomero Cavalcanti de Oliveira, localizado no Complexo Penitenciário de Alagoas, em Maceió. A identidade do presidiário ainda não foi divulgada.

Segundo o Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen/AL), as imagens são recentes, mas só foram descobertas pelas autoridades policiais nessa terça-feira (10).

No vídeo, o preso mostra não se importar com a presença da câmera, que se encontra na mão de um companheiro de cela. Descontraído, dança reggae e avisa: “Para a Barra de Santo Antônio e Ilha da Croa, um dia estou chegando aí. Com fé em Deus”.

Ele também aproveita e fala os nomes de outros três homens, que podem vir a ser de criminosos daquela região. “E aí Kevin, Edson e Pablo, estamos juntos”.

Por sua vez, o presidente do Sindapen, Petrônio Lima, informou que o preso já foi identificado e isolado em uma cela especial, assim como o comparsa do vídeo.

Petrônio acrescentou que o problema ainda persiste devido ao baixo efetivo dos agentes penitenciários. Atualmente, 619 agentes desempenham as funções em Alagoas, mas o efetivo ideal seria de, no mínimo, mais 550 profissionais para atender a demanda do sistema prisional.

A Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) informou, no entanto, que todas as providências, acerca da circulação da gravação de um reeducando dentro da Penitenciária Masculina Baldomero Cavalcante de Oliveira, estão sendo tomadas. Um procedimento administrativo para apurar a entrada de objetos ilícitos já foi aberto.

A Seris disse, ainda, que está realizando uma revista em todos os módulos da unidade, além da apreensão de todos os aparelhos eletrônicos que estejam em desacordo com a portaria 401/2018, que normatiza quais os itens autorizados à entrada no sistema prisional. Por fim, os reeducandos envolvidos serão encaminhados para o Presídio do Agreste, sendo aplicado o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD).

Veja as imagens:
Reprodução/Whatsapp

Redação

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *