Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque SAÚDE Governo de Alagoas inaugura o Hospital da Mulher Dra. Nise da Silveira neste domingo (29)

SAÚDE Governo de Alagoas inaugura o Hospital da Mulher Dra. Nise da Silveira neste domingo (29)

SAÚDE Governo de Alagoas inaugura o Hospital da Mulher Dra. Nise da Silveira neste domingo (29)
0
0

Com investimento de R$ 30,8 milhões, unidade localizada no Poço, em Maceió, tem 127 leitos e capacidade de 6 mil atendimentos por mês

 

O governador Renan Filho e o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, vão entregar, às 9h deste domingo (29), o Hospital da Mulher Dra. Nise da Silveira, localizado no bairro Poço, em Maceió. Orçada em R$ 30,8 milhões, com 127 leitos e capacidade de seis mil atendimentos por mês, a unidade de saúde abre as portas para ampliar e melhorar os serviços de baixa e média complexidade no Sistema Único de Saúde (SUS).

Entre os serviços que serão ofertados no prédio de oito andares estão o de obstetrícia, puerpério, endocrinologia, ginecologia, colposcopia, mastologia, cardiologia, anestesia e cirurgia ginecológica. Uma equipe interdisciplinar e multiprofissional fará o atendimento nos ambulatórios de ginecologia, colposcopia, cirurgia ginecológica, planejamento familiar, mastologia, anestesia, psicologia, otorrino, cardiopediatria, infectologia, nutrição, pediatria, proctologia, neonatologia, psiquiatria, fonoaudiologia e obstetrícia. Também integram a equipe de biomédicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, de radiologia e de laboratório.

O hospital terá salas de observação obstétrica, um Centro de Parto Normal, internação ginecológica e obstétrica, e Unidades de Cuidados Intermediários (UCI). Além disso, o prédio conta com diversas enfermarias, lactário, ginecologia infanto puberal e salas de vacina, de coleta de exames laboratoriais e de curativos.

Hospital da Mulher Nise da Silveira (Foto: Carla Cleto)

Serão implantados, ainda, o Serviço de Perícia Médica e Boletim de Ocorrência (BO), que será realizado por técnicos da Rede de Atenção às Vítimas de Violência Sexual (RAVVS), vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), e o Ambulatório de Acolhimento e Cuidado Integral à Saúde das Pessoas Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT).

De acordo com o governador Renan Filho, além dos cinco hospitais e duas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) que estão em construção no estado, o Governo de Alagoas vai iniciar as obras do sexto hospital até o final deste ano: o Hospital da Criança. “Quem entrega um pode colocar mais um na conta, e nós vamos iniciar a construção do Hospital da Criança, que vai ser a complementação de todos esses serviços”, afirmou.

“Com esse conjunto de equipamentos, que vamos entregar ao longo desse governo, nós vamos ter uma Alagoas muito melhor, sobretudo para quem mais precisa e é usuário do SUS”, completou o governador.

Secretário de Estado da Saúde de Alagoas, Alexandre Ayres (Foto: Carla Cleto)

Para o secretário Alexandre Ayres, o Hospital da Mulher representa uma renovação da rede de cuidados especializados com a saúde feminina em Alagoas, sendo um marco histórico para o Estado. “Há mais de quarenta anos não é edificada uma obra dedicada exclusivamente à assistência da mulher alagoana, com um atendimento ampliado, qualificado e humanizado, desde a entrada até a sua saída. O governador Renan Filho fez um grande esforço para adquirir os equipamentos, num investimento de aproximadamente R$ 10 milhões. Contaremos com uma série de ações protetivas para as mulheres, inclusive com um centro de apoio às vítimas de violência sexual, além de um ambulatório exclusivo para os usuários LGBT”, disse.

O Hospital da Mulher também conta com uma ouvidoria, Central de Material Esterilizado, bem como o Serviço de Prontuário do Paciente e a farmácia central.

LGBT – O Ambulatório de Acolhimento e Cuidado Integral à Saúde das Pessoas Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT) é uma das novidades do Hospital da Mulher. Ele é o primeiro serviço de saúde do Estado de Alagoas com foco no cuidado e acolhimento aos LGBT.

O espaço vai ter uma equipe multiprofissional e vai oferecer acompanhamento, exames clínicos e tratamento adequado de acordo com as especificidades de cada usuário, visando promover sua saúde integral. O serviço tem foco no Processo Transexualizador do SUS, atendendo aos pré-requisitos da Portaria 2.803, de 18 de novembro de 2013, que redefine e amplia o Processo Transexualizador no SUS.

 

Hospital da Mulher Nise da Silveira (Foto: Carla Cleto)
Hospital da Mulher Nise da Silveira (Foto: Carla Cleto)
Secretário de Estado da Saúde de Alagoas, Alexandre Ayres (Foto: Carla Cleto)

Agência Alagoas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *