Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque BRASIL Advogada a Rosa após cliente morrer sem julgamento: “Parabéns pela demora”

BRASIL Advogada a Rosa após cliente morrer sem julgamento: “Parabéns pela demora”

BRASIL Advogada a Rosa após cliente morrer sem julgamento: “Parabéns pela demora”
0
0

Em documento ao STF para relatar a morte de um homem de 80 anos, defensora critica “desprezo” por “fazer dormir um processo por onze anos”

“Écom lástima que viemos aos autos juntar a cópia de atestado de óbito de Celmar Lopes Falcão, e dar-lhe os parabéns. Parabéns, Ministra, pela demora!”. Essa foi a anotação feita por uma advogada em um documento enviado ao Supremo Tribunal Federal para informar que seu cliente, um homem de 80 anos que aguardava julgamento da Corte há onze anos, morreu no último dia 16 em Pelotas, no Rio Grande do Sul.

“A sociedade está cansada de um Judiciário caríssimo e que, encastelado, desconsidera os que esperam pela ‘efetividade’ e pelo cumprimento das promessas constitucionais”, escreveu a advogada Lílian Velleda Soares na prestação de informações protocolada no Tribunal nesta quarta (25/09/2019).

No texto endereçado à ministra Rosa Weber, relatora que sucedeu a ministra Ellen Gracie no processo, quando esta se aposentou, em 2011, a advogada afirma ainda que a ministra “encarna” “desprezo” do Judiciário “pelo outro” e diz ainda. “Informamos também que as pompas fúnebres foram singelas, sem as lagostas e os vinhos finos que os nossos impostos suportam” – em referência à licitação de R$ 1,1 milhão que o STF anunciou, em abril, para refeições servidas pela Corte.

metropoles

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *