Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Polícia Acusado de matar professor Vandiele era o padrasto de criança de 7 meses que morreu em Arapiraca

Acusado de matar professor Vandiele era o padrasto de criança de 7 meses que morreu em Arapiraca

Acusado de matar professor Vandiele era o padrasto de criança de 7 meses que morreu em Arapiraca
0
0

Bebê faleceu após supostamente cair da cama; caso será investigado pela Polícia Civil

Um dos acusados de matar o professor Vandiele da Silva Araújo está envolvido em um novo caso policial. Na noite desta quarta-feira (6), uma criança de apenas sete meses de idade morreu após cair da cama. Wallaph Magno era padrasto do bebê e estava sozinho com ela no momento da fatalidade.

Segundo informações policiais, Wallaph e a bebê Maria Lorrany estavam na residência da família, localizada no bairro Primavera, quando supostamente caiu da cama e ficou desacordada. O SAMU foi acionado, mas não obteve êxito na reanimação da criança, que faleceu no local.

Em declaração à Polícia Militar, Wallaph afirmou que estava sozinho na residência e quando chegou ao cômodo, a criança já estava morta.

Equipes do Instituto de Criminalística (IC) e do Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local por mais de duas horas, para atestar as circunstâncias da morte da bebê. A criança estava com uma pancada na cabeça e pode ter sofrido um traumatismo encefálico.

Há informações de que Maria Lorrany apresentava hematomas no corpo, mas o fato ainda não foi confirmado oficialmente pela polícia. Um inquérito será aberto e o caso será investigado pela Delegacia da Criança e do Adolescente de Arapiraca.

O padrasto Wallaph Magno é acusado de ser um dos autores materiais do assassinato do professor Vandiele da Silva Araújo Rocha, que foi morto a golpes de faca no pescoço em 30 de agosto deste ano, em sua residência no bairro São Luiz. Ele fugiu com o veículo do professor. Dias seguintes, ele se entregou à polícia e atualmente usa tornozeleira eletrônica.

jaenoticia

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *