Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Acusado de envenenar padre, idosa e gatos com chumbinho é preso

Acusado de envenenar padre, idosa e gatos com chumbinho é preso

0
0

Crime ocorreu em janeiro de 2018, em Minas Gerais, mas só foi desvendado nesta semana pela polícia. Suspeito tinha só gatos como alvo

Wesley Almeida / Canção Nova

m homem foi preso nesta quinta-feira (21/11/2019) na cidade de Ouro Fino (MG), acusado de envenenar um padre, uma idosa e dois gatos. Os humanos tiveram de ser internados, mas sobreviveram. Os animais, porém, não resistiram. O caso ocorreu há mais de um ano, em janeiro de 2018, mas só foi desvendado nesta semana pela polícia mineira. Como a investigação corre em segredo de Justiça, a identidade do suspeito preso não foi divulgada.

O padre Paulo de Oliveira Costa (foto em destaque), conhecido como Paulinho da Canção Nova, foi envenenado quando foi visitar a mãe, uma senhora de 81 anos, no distrito conhecido como Crizólia, em Ouro Fino, em 27 de janeiro de 2018. Para receber o filho, a idosa comprou carne moída em um açougue local.

Segundo as investigações, o suspeito teve acesso ao alimento na casa da idosa e o envenenou com veneno de rato, conhecido como chumbinho. Ao ser preso, ele disse para os policiais que queria matar os gatos da idosa, não a família toda.

O padre Paulinho chegou a ser internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do hospital de uma cidade maior da região, Pouso Alegre (MG), mas se recuperou. A mãe dele também ficou internada.

Após ser liberado, ainda em 2018, o padre gravou um depoimento em sua página no Facebook, agradecendo as orações dos fiéis. Segundo ele, foi “uma coisa inesperada e até um tanto quanto trágica. Mas, o pior não aconteceu, graças a Deus. E o nome do Senhor é glorificado e de sua Mãe, a Virgem Maria”.

metrpoles

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *