Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque ANO LETIVO 2020 Governo de Alagoas amplia ensino integral para 62 escolas

ANO LETIVO 2020 Governo de Alagoas amplia ensino integral para 62 escolas

ANO LETIVO 2020 Governo de Alagoas amplia ensino integral para 62 escolas
0
0

 

Governador em exercício, Luciano Barbosa, disse que antes eram 53 unidades e destacou que a expansão decorre dos bons resultados dessa modalidade

vai ampliar de 53 para 62 o número de escolas estaduais com oferta de ensino integral para o ano letivo 2020. Este ano, unidades de Maceió, Quebrangulo, Igaci e Inhapi começam a oferecer a modalidade.

O governador em exercício Luciano Barbosa destaca a importância da ampliação do Programa Alagoano de Ensino Integral (Palei) para a rede estadual. “O ensino integral tem excelentes resultados por trabalhar o projeto de vida dos estudantes e a formação integral do aluno, dando a ele o protagonismo para que pavimente seu futuro”, frisa.

Ensino integral desenvolve diversos aspectos do estudante (Foto: Valdir Rocha)

Ele também falou da evolução do programa desde 2015, quando foi implantada a primeira unidade de ensino integral da rede estadual, a Escola Marcos Antônio, no complexo Benedito Bentes.  “Esta escola teve nota do Ideb [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica] acima da média nacional. Isso é muito positivo, pois a receptividade deste modelo entre alunos e pais encorajou outras iniciativas. Por isso, estamos ampliando e investindo cada vez mais nesta modalidade”, afirma o governador em exercício.

Novas escolas – No ano letivo 2020, passam a ofertar o ensino integral as escolas estaduais Elza Soares, de Quebrangulo; Coité das Pinhas, em Igaci; Rubens Nunes, em Inhapi; Tarcísio de Jesus, em Maceió e seis escolas do Centro Educacional de Pesquisa Aplicada (Cepa): Moreira e Silva, José da Silveira Camerino, Maria José Loureiro, Laura Dantas, D. Pedro II e Maria Rosália Ambrozzio. Outras quatro unidades do complexo educacional da Avenida Fernandes Lima já ofereciam a modalidade: Princesa Isabel, Afrânio Lages, Vitorino da Rocha e Teotônio Vilela.

Outra novidade é que, este ano, oito escolas vão dispor do regime integral tanto no ensino fundamental quanto no médio. São elas: escolas estaduais Edmilson Pontes, Maria das Graças de Sá Teixeira, Salete de Gusmão, Mota Trigueiros, todas de Maceió; Xingó II, de Piranhas; Humberto Mendes, de Palmeira dos índios; Lions Club, de Arapiraca e Laura Chagas, de Santana de Ipanema.

Ensino integral desenvolve diversos aspectos do estudante (Foto: Valdir Rocha)

A proposta –  O Ensino Integral é uma modalidade que, mais do que uma jornada ampliada de estudos, propõe uma aprendizagem mais ampla, desenvolvendo não só o aspecto cognitivo/intelectual, mas também o emocional, físico, social e cultural dos estudantes.

O desenvolvimento integral do aluno ocorre por atividades que vão além do currículo tradicional, com a oferta de disciplinas eletivas, projetos integradores, clubes juvenis e estudos orientados, dentre outras ações. Essas ações  podem ser contempladas em iniciativas de protagonismo juvenil voltadas ao esporte, cultura, inclusão social, iniciação científica, entre outros.

Ensino integral desenvolve diversos aspectos do estudante (Foto: Valdir Rocha)

“Trata-se de atividades complementares que enriquecem o conhecimento e a formação do aluno. Por exemplo, enquanto os projetos integradores são uma proposta de intervenção dos estudantes para um problema ou demanda do território e comunidade, as ofertas eletivas permitem uma maior apropriação de um objeto de conhecimento específico”, explica o supervisor de Ensino Médio da Seduc, Daniel Macedo.

Lista – Confira abaixo a lista completa de todas as escolas estaduais que oferecem o ensino integral em Alagoas:

1.      Escola Estadual Marcos Antônio Cavalcanti Silva – Maceió (13ª Gere);

2.      Escola Estadual  Dr. Rodriguez de Melo – Maceió (1ª Gere);

3.      Escola Estadual Geraldo Melo dos Santos – Maceió – (13ª Gere);

4.      Escola Estadual Princesa Isabel – Maceió- (13ª Gere);

5.      Escola Estadual Professor  Edmilson  de Vasconcelos Pontes – Maceió (1ª Gere);

6.      Escola Estadual Professor Afrânio Lages – Maceió (13ª Gere);

7.      Escola Estadual Theonilo Gama – Maceió (1ª Gere);

8.      Escola Estadual Dra. Eunice Lemos Campos – Maceió (13ª Gere);

9.      Escola Estadual Maria das Graças de Sá Teixeira – Maceió (1ª Gere);

10.   Escola Estadual Maria Ivone Santos de Oliveira – Maceió (13ª Gere);

11.   Escola Estadual Maria Salete de Gusmão de Araújo – Maceió (13ª Gere);

12.   Escola Estadual Gilvana Ataíde Cavalcante Cabral – Maceió (13ª Gere);

13.   Escola Estadual Professor Eduardo da Mota Trigueiros – Maceió (1ª Gere);

14.   Escola Estadual Teotônio Vilela – Maceió (13ª Gere);

15.   Escola Estadual José Vitorino da Rocha – Maceió (13ª Gere);

16.   Escola Estadual Maria Rita Lyra de Almeida – Maceió (1ª Gere);

17.   Escola Estadual Professor Virgínio de Campos – Maceió (1ª Gere);

18.   Escola Estadual Professora Benedita de Castro Lima – Maceió (13ª Gere);

19.   Escola Estadual Professor José da Silveira Camerino – Maceió (13ª Gere);

20.   Escola Estadual Moreira e Silva – Maceió (13ª Gere);

21.   Escola Estadual Laura Dantas Santos da Silva – Maceió (13ª Gere);

22.   Escola Estadual Maria Rosália Ambrozzio – Maceió (13ª Gere);

23.   Escola Estadual Professora Maria José Loureiro – Maceió (13ª Gere);

24.   Escola Estadual D. Pedro II – Maceió (13ª Gere);

25.   Escola Estadual  Professor Tarcísio de Jesus – Maceió (1ª Gere);

26.   Escola Estadual Professora Izaura Antônia de Lisboa – Arapiraca (5ª Gere);

27.   Escola Estadual Lions Club – Arapiraca (5ª Gere);

28.   Escola Estadual Senador Rui Palmeira- Arapiraca (5ª Gere);

29.   Escola Estadual Aurino Maciel – Arapiraca (5ª Gere);

30.   Escola Estadual Deputado Gilvan Barros – Girau do Ponciano (5ª Gere);

31.   Escola Estadual Graciliano Ramos – Palmeira dos Índios (3ª Gere);

32.   Escola Estadual Humberto Mendes – Palmeira dos Índios (3ª Gere);

33.   Escola Estadual Watson Clementino de Gusmão Silva – Delmiro Gouveia (11ª Gere);

34.   Escola Estadual Luiz Augusto de A. Menezes – Delmiro Gouveia (11ª Gere)

35.   Escola Estadual Francisco Leão – Rio Largo (12ª Gere);

36.   Escola Estadual Fernandina Malta – Rio Largo (12ª Gere);

37.   Escola Estadual Rosa Maria Paulino da Fonseca – Marechal Deodoro (1ª Gere);

38.   Escola Estadual Oliveira e Silva – Pilar (12ª Gere);

39.   Escola Estadual Bráulio Cavalcante – Pão de Açúcar (8ª gere);

40.   Escola Estadual Lucilo José Ribeiro – São José da Tapera (8ª Gere);

41.   Escola Estadual Maria de Lourdes Santos da Silva – Batalha (8ª Gere);

42.   Escola Estadual Professor Ernani Méro – Penedo (9ª Gere);

43.   Escola Estadual Joaquim Diégues – Viçosa (4ª Gere);

44.   Escola Estadual Professora Edite Machado – Capela (4ª Gere);

45.   Escola Estadual José Aprígio Brandão Vilela (EJAV) – Teotônio Vilela  (2ª Gere);

46.   Escola Estadual Professora Edleuza Oliveira da Silva – São Miguel dos Campos (2ª Gere);

47.   Escola Estadual Inácio de Carvalho – Coruripe (2ª Gere);

48.   Escola Estadual Dorgival Gonçalves – Campo Alegre (2ª Gere);

49.   Escola Estadual Constança de Góes Monteiro – Major Izidoro (3ª Gere);

50.   Escola Estadual Professora Elza Soares Cavalcante – Quebrangulo (3ª Gere);

51.   Escola Estadual de Coité das Pinhas – Igaci (3ª Gere);

52.   Escola Estadual Professora Laura Maria Chagas de Assis – Santana do Ipanema (6ª Gere);

53.   Escola Estadual Ângelo de Abreu – Olho d’Água das Flores (6ª Gere);

54.   Escola Estadual Dr. Carlos Gomes de Barros – União dos Palmares (7ª Gere);

55.   Escola Estadual Dr. Paulo de Castro Sarmento – União dos Palmares (7ª Gere);

56.   Escola Estadual Professora Benedita Maria Rufino de Chagas – Murici (7ª Gere);

57.   Escola Estadual Padre Teófanes Augusto de Araújo Barros – São José da Laje (7ª Gere);

58.   Escola Estadual Professora Maria Antônia de Oliveira Santos – Matriz de Camaragibe (10ª Gere);

59.   Escola Estadual Nossa Senhora da Apresentação – Porto Calvo (10ª Gere);

60.   Escola Estadual Monsenhor Sebastião Alves Bezerra – Água Branca (11ª Gere);

61.   Escola Estadual Xingó II (Unex II) – Piranhas (11ª Gere);

62.   Escola Estadual Rubens Nunes de Oliveira – Inhapi (11ª Gere);

 

Ensino integral desenvolve diversos aspectos do estudante (Foto: Valdir Rocha)

Ensino integral desenvolve diversos aspectos do estudante (Foto: Valdir Rocha)
Ensino integral desenvolve diversos aspectos do estudante (Foto: Valdir Rocha)
Ensino integral desenvolve diversos aspectos do estudante (Foto: Valdir Rocha)
Ensino integral desenvolve diversos aspectos do estudante (Foto: Valdir Rocha)

Agência Alagoas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *