Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque Deputado Paulão critica Bolsonaro, Guedes e até o “Véio da Havan”

Deputado Paulão critica Bolsonaro, Guedes e até o “Véio da Havan”

Deputado Paulão critica Bolsonaro, Guedes e até o “Véio da Havan”
0
0

O deputado federal Paulão (PT) classificou de desastrosa a política econômica do governo Bolsonaro: “A economia está derretendo! Há mais uma crise nas bolsas de valores no plano internacional, e aqui há uma fuga de capitais acima de 40 bilhões”, afirmou.

O parlamentar elencou uma série de medidas adotadas pelo ministro da Fazenda, Paulo Guedes, que, além de não resolverem os problemas, prejudicou trabalhadores mais pobres, como as reformas da Previdência e administrativa.

“A sorte deste governo é que o presidente Lula teve capacidade, com a presidente Dilma, e deixou uma reserva acima de 340 bilhões de reais. É esse dinheiro que está sendo usado agora para combater a especulação do dólar”, disse Paulão, criticando a falta de investimentos em programas como o Minha casa, minha vida e Pronaf e em projetos como o Canal do Sertão.

O deputado também falou sobre os pontos da cartilha lançada pelo PT, com “propostas concretas para o país sair da crise de verdade”.

“Não se deve ter medo. Este presidente criminoso chamado Bolsonaro e sua equipe cortam o bolsa-família e fazem um represamento. O acesso ao Bolsa-Família foi dificultado. Cria-se todo um processo burocrático para se atingir um dos maiores programas, que tem uma capilaridade fundamental, só fica abaixo das aposentadorias”, disse, ao se referir a uma das propostas da cartilha: expandir o Bolsa-Família.

Ao criticar o processo de privatizações, Paulão disse que Paulo Guedes é um “vassalo, um lambe-botas do capital internacional”.

Sobrou até para o “Véio da Havan”: “Ele está pagando um preço alto, pela identificação dele com Bolsonaro. A informação que eu tenho é de que ninguém está comprando na Havan, não só pela postura equivocada dele, mas também pelos produtos, porque a maioria desses produtos é chinesa e parte da população está com medo, por causa do vírus. Isso, é claro, tem a ver com pânico. Mas esse cidadão é um contumaz trapaceiro em relação a dinheiro público”.

“Agora, o presidente Bolsonaro tem que parar de fazer factoides, colocar palhaço para desviar a atenção, colocar ministra para fazer jogo de efeito. Tem que governar o Brasil. Governe, presidente. Nosso candidato, o Haddad, perdeu… Faça o seu papel. Deixe de mediocridade!”, finalizou Paulão.

 

Com cadaminuto

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *