Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque COVID-19 Laboratório Central de Alagoas começa a realizar os testes para diagnosticar coronavírus

COVID-19 Laboratório Central de Alagoas começa a realizar os testes para diagnosticar coronavírus

COVID-19 Laboratório Central de Alagoas começa a realizar os testes para diagnosticar coronavírus
0
0

Unidade está preparada para atender toda a demanda do estado; pacientes não devem se dirigir diretamente ao laboratório, e, sim, às unidades de saúde

O Laboratório Central de Alagoas (Lacen/AL) iniciou, nesta quinta-feira (19), a realização dos testes para detecção da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Para isso, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) recebeu 960 kits de testagem, encaminhados a Alagoas pelo Ministério da Saúde (MS).

A partir de agora, os resultados dos exames serão divulgados em até 48 horas após a coleta de material biológico, que será realizada somente nas unidades de saúde onde os pacientes com suspeita da doença são atendidos. Até essa quarta-feira (18), os exames de pacientes alagoanos com suspeita da doença eram realizados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, laboratório referência do Ministério da Saúde, e se levava sete dias até saírem os resultados.

“Os funcionários do Lacen foram devidamente treinados e preparados para realizarem os testes referentes a amostras de todo o estado. Vale ressaltar que todos estão trabalhando protegidos com EPIs [Equipamentos de Proteção Individual]”, destacou o governador Renan Filho, ao visitar o laboratório nesta quinta-feira (19). “Os resultados vão sair em até 48 horas. Isso vai facilitar a programação, acelerar o tempo de resposta e garantir a Alagoas um trabalho mais competente para enfrentar a crise do coronavírus, que afeta todo o país”.

O secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, lembrou que a população não deve, em hipótese alguma, se dirigir diretamente ao Lacen. “O paciente com suspeita da doença deve procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência, onde será avaliado por um médico. Caso o profissional de saúde identifique a necessidade de realizar o exame, a amostra de material biológico será coletada na unidade de saúde e envidada ao laboratório”, explicou.

O resultado do exame também será enviado para a unidade de saúde onde o paciente com suspeita de coronavírus foi atendido. “As pessoas não devem ir diretamente para o Lacen. Se forem, não serão atendidas de forma alguma”, reforçou Alexandre Ayres.

A gerente do Lacen, Larissa Chagas, destaca que a unidade é um laboratório de excelência e está plenamente preparada para atender toda a demanda de amostras que chegarem para serem examinadas. “O Ministério da Saúde vai continuar enviando os kits, conforme a demanda, e todos os funcionários do Lacen estão comprometidos em atender os alagoanos neste momento de pandemia”, declarou.

 

Agência Alagoas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *