Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Política Medo de impeachment levou Bolsonaro a recuar de demissão de Mandetta

Medo de impeachment levou Bolsonaro a recuar de demissão de Mandetta

Medo de impeachment levou Bolsonaro a recuar de demissão de Mandetta
0
0

A semana começou tensa em Brasília com mais uma sucessão de episódios que refletem um presidente cada vez mais isolado e disposto a tensionar os limites da democracia e da governabilidade. O ponto comum dos embates foi a atuação do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta – que virou alvo de bolsonaristas nas redes sociais após o presidente dar o sinal, dizendo que seu subordinado havia “exagerado” e que precisava ser “mais humilde”.

Tentando restabelecer a ordem natural de um governo, em que o presidente é figura pública com mais prestígio que seus ministros, aliados de Bolsonaro atacaram Mandetta por diversos flancos. Com o vocabulário habitual, Olavo de Carvalho pediu sua saída do Ministério: “Fora, ministro Punhetta!”. Ao mesmo tempo, um dos braços da comunicação da rede bolsonarista acusou o ministro de obter o apoio da imprensa por meio de contratos de publicidade firmados pela pasta.

O desgaste entre presidente e ministro, que já era evidente desde a semana passada, foi acirrado pela participação de Mandetta na live a dupla sertaneja Jorge e Matheus, que alcançou mais de 3 milhões de visualizações simultâneas na noite de sábado (4).

A tensão criada dentro do bolsonarismo alcançou seu ápice no meio da tarde, quando a demissão de Mandetta passou a ser vista como certa. O jornal O Globo chegou a noticiar que a decisão de Bolsonaro já tinha sido tomada e o ministro seria demitido ainda nesta segunda-feira. A informação não era apenas d’O Globo. De dentro do Ministério da Saúde, o deputado Hiran Gonçalves (PP-RR), que preside a frente parlamentar da medicina, fez um vídeo do que seriam os últimos momentos de Mandetta no comando da pasta.

Congressoemfoco

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *