Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Cotidiano Ação da Sesau vai levar orientações sobre Covid-19 para instituições que abrigam idosos

Ação da Sesau vai levar orientações sobre Covid-19 para instituições que abrigam idosos

Ação da Sesau vai levar orientações sobre Covid-19 para instituições que abrigam idosos
0
0

Realizada em parceria com os municípios, iniciativa inclui atendimento médico e psicossocial em 25 localidades situadas na capital e no interior

A atenção com as pessoas na terceira idade precisou ser redobrada durante a pandemia provocada pelo novo coronavírus. O público situado na faixa etária acima dos 60 anos foi classificado como grupo de risco – todo cuidado é pouco. Por isso, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) anunciou na última sexta-feira (08) uma ação idealizada para reforçar o monitoramento e o atendimento a quem vive nos antigos asilos ou abrigos, agora rebatizados pela nomenclatura Instituição de Longa Permanência do Idoso (ILPI).

A iniciativa foi concebida pelo setor de Saúde do Idoso da Sesau e contou com colaboração do Município de Maceió. O planejamento contempla a realização de visitas a 25 instituições, sendo 15 na capital e outra dez no interior (Água Branca, Arapiraca, Capela, Olho D’água das Flores, Palmeira dos Índios, Penedo, Pilar, Santana do Ipanema, São Miguel dos Campos e União dos Palmares).

A perspectiva inicial é que 600 pessoas recebam orientações relativas à proteção contra a Covid-19, além de assistência médica, bucal e psicossocial. “A idade já é um fator de risco, muitos deles apresentam comorbidades e o fato de viverem aglomerados pode facilitar a propagação do vírus”, justifica Marcos Ramalho, secretário executivo de Ações de Saúde da Sesau.

“Diante da pandemia, essas pessoas estão sem receber visitas de amigos, parentes ou familiares, e isso afeta a condição psicossocial. Por isso, além de educativa – visando prevenção e cuidados em razão da Covid-19 –, a ação pretende levar apoio médico e psicológico”, complementa Lucas Ribeiro, superintendente de Atenção à Saúde da Sesau.

No caso da identificação de sintomas associados à doença, a equipe poderá providenciar o encaminhamento adequado. “Se o idoso for acamado, de difícil locomoção, podemos conseguir uma testagem, mas desde que dentro do protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde”, assinala Elisabeth Toledo, assessora técnica do setor de Supervisão de Educação e Promoção da Saúde (SUEPS) e coordenadora do projeto vinculado à Gerência de Atenção Primária (GAP) da Sesau.

Demandas de saúde

A proposta original tem duas etapas. No primeiro momento, a Sesau realizará um contato virtual online com cada instituição. O objetivo é identificar as demandas de saúde de cada lar. Em seguida, após a elaboração de um plano de ação específico, as equipes dos municípios realizarão as visitas. “A iniciativa é da Sesau, mas nós acionamos o Município de Maceió para escrever o plano juntos. A Sesau entra com apoio técnico e monitoramento das ações e os municípios dão o suporte”, esclarece Elisabeth.

A rigor, as ILPI são acompanhadas pela Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades), mas o monitoramento das necessidades de saúde já se constitui ação permanente da Sesau. Devido ao surto de Covid-19, desde o último mês de fevereiro, a secretária de Saúde incrementou as orientações e passou a focar na prevenção e nos riscos do novo coronavírus.

Um dos resultados foi a implantação de planos de contingência individual elaborados pelos próprios lares. “Desde então, as instituições de idosos não permitem a visita de pessoas, com exceção de profissionais de saúde”, informa a assessora técnica da Sesau. A prevenção surtiu efeito. “Até o momento, não há em Alagoas nenhum óbito por Covid-19 registrado em ILPI”, comemora Elisabeth Toledo.

O projeto está na fase final de planejamento, com previsão de início já para próxima semana. “A partir de agora, teremos uma ação ainda mais concreta, de levar serviços, conforme identificada a necessidade de saúde em cada instituição”, finaliza.

Agência Alagoas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *