Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque Médica pediatra e diretora da Faculdade de Medicina da Ufal morre de Covid-19

Médica pediatra e diretora da Faculdade de Medicina da Ufal morre de Covid-19

Médica pediatra e diretora da Faculdade de Medicina da Ufal morre de Covid-19
0
0

A Covid-19 fez mais uma vítima na área da saúde em Alagoas. Faleceu nesta sexta-feira, dia 22, a médica pediatra e diretora da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (Famed/Ufal) Iasmin de Albuquerque Cavalcanti Duarte

Iasmin era doutorada em Medicina Tropical pela Universidade Federal de Pernambuco (2005), e atualmente era professora associada e diretora da Famed.

Iasmin Duarte tinha experiência na área de medicina, com ênfase em pediatria e atuava principalmente em temas como crescimento, estado nutricional e puericultura.

Em nota, a Ufal lamentou a perda e informou que o sepultamento ocorrerá às 18h, no Campo Santo Parque das Flores. Devido à pandemia de covid-19, não haverá velório e a presença no enterro fica restrita a membros da família.

A reitoria decretou luto oficial de três dias pela perda da docente. O reitor, Josealdo Tonholo, disse que “estamos todos muito tristes. Perdemos um ser de luz! A Ufal está em luto! A classe médica de Alagoas perde uma referência. Nós perdemos uma amiga!”.

“Lamentável a partida da professora Iasmin. Estou muito triste mesmo, sem chão. Enfim, jamais esquecerei seu olhar carinhoso e seu jeito afetuoso. Sentirei muita falta dela”, lamentou a vice-reitora da Ufal, Eliane Cavalcanti.

Diana Monteiro, jornalista da Universidade, relembrou o empenho da professora Iasmin para a construção da Unidade Docente Assistencial da Ufal, que deixa como um legado para a Ufal e para a sociedade alagoana: “Uma lamentável perda! Uma guerreira do curso de Medicina, empenhada para o crescimento, para a formação humanista, assim como era, conectada e comprometida com a saúde pública e o Sistema, que a rege, o SUS. Empenhou-se pelo funcionamento de uma da Unidade Docente Assistencial da Ufal, buscando parceria com a Prefeitura de Maceió para, além de atender à comunidade carente do entorno, ser um espaço de extensão dos cursos da área de saúde, principalmente, a Medicina”.

O coordenador do curso de Medicina, Davi Buarque, falou sobre a perda da colega de profissão: “Difícil expressar a dor que sentimos neste momento. Iasmin sempre foi querida por todos, um farol em meio a um mundo difícil. Conciliadora, prestativa, alegre e outros tantos adjetivos que não caberiam nestas poucas linhas. Seu sorriso sempre foi sua marca e permanecerá em nossas mentes e corações. Nos resta agradecer, diariamente, por termos convivido com um ser humano tão especial. Que descanse em paz e que possamos ser consolados em nossa fé”.

Em nota a Faculdade de Medicina da Ufal disse que poucas pessoas podem ser consideradas uma unanimidade e a professora Iasmin era uma delas: respeitada, admirada e amada por todos.

Hoje a Famed perda aquela que considerava uma mãe.

 

CADAMINUTO

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *