Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque Delegacia de Homicídios esclarece mais um assassinato em Arapiraca

Delegacia de Homicídios esclarece mais um assassinato em Arapiraca

Delegacia de Homicídios esclarece mais um assassinato em Arapiraca
0
0

A Delegacia de Homicídios de Arapiraca (DHA),da Polícia Civil de Alagoas, comandada pelo delegado Felipe Caldas, esclareceu e concluiu mais um inquérito que investigou homicídio no município.

De acordo com o titular da DHA, o crime ocorrido na manhã do dia 13 de maio deste ano, no bairro Cacimbas, foi motivado por disputa de vaga no ponto de mototáxi.

A vítima, identificada como Joarez Francisco dos Santos, de 53 anos, mais conhecido como “Irei” ,foi executado quando estava em um ponto de moto improvisado, que fica na Rua Manoel Leal, sendo atingido por disparos de arma de fogo, vindo a falecer no local.

A investigação da Policia Civil apurou que o suspeito de ter efetuado os disparos de arma de fogo foi um colega de trabalho de Joarez. Eles teriam tido uma discussão sobre a vaga no ponto de mototáxi.

Populares disseram à polícia que o acusado teria retornado para o ponto antigo, e Joarez Francisco teria afirmado que não sairia do local. Eles teriam iniciado uma discussão, e a vítima teria ido em casa pegar uma arma de fogo. Mas ao retornar ao ponto, Joarez Francisco foi dominado e acabou sendo morto pelo acusado.

A Delegacia de Homicídios de Arapiraca foi acionada para o local, e confirmou que as buscas foram iniciadas, logo após o crime. Também informou que o suspeito no crime já foi identificado, e que os agentes chegaram inclusive a fazer buscas, mas o mesmo já havia foragido.

“O titular da Delegacia de Homicídios afirmou que todo crime de homicídio ocorrido em Arapiraca é investigado com o mesmo empenho, buscando identificar e prender os culpados, como vem fazendo toda a equipe da DHA, que tá trabalhando muito, com toda dedicação, mesmo com a pandemia em função do novo coronavírus”, pontuou o delegado Felipe Caldas.

Ele disse também que o pedido de prisão do acusado já foi solicitado à Justiça, e que as buscas para pendê-lo continuam, e reiterou que quem tiver informações sobre o paradeiro do assassino pode informar pelo disque denúncia 181.

 

ASCOM/PC.AL

 

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *