Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Brasil Pesquisador descobre que bebê de 9 meses teria sido primeiro caso da Covid-19 no Brasil

Pesquisador descobre que bebê de 9 meses teria sido primeiro caso da Covid-19 no Brasil

Pesquisador descobre que bebê de 9 meses teria sido primeiro caso da Covid-19 no Brasil
0
0

Uma bebê, que hoje tem 1 ano e 1 mês de idade, teria sido o primeiro caso oficialmente registrado da Covid-19 no Brasil, no dia 20 de fevereiro de 2020.

A descoberta foi feita pelo médico brasileiro Ricardo Parolin Schnekenberg, que mora em Londres e estuda a Covid-19 pelo Imperial College.

As informações foram coletadas na base de dados do Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) do Ministério da Saúde e foram confirmadas, nesta quarta-feira (15), pelo Núcleo de Jornalismo de Dados e Investigativo da CNN.

Até o momento, o primeiro caso divulgado oficialmente no Brasil foi em 26 de fevereiro desse ano.

Segundo o pesquisador, o bebê, que tinha 9 meses na época, foi internado no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP) no dia 19 de fevereiro. O exame realizado, no dia seguinte, foi o PCR de swab nasal, para a análise de diversos vírus. O resultado deu negativo para influenza e positivo para rinovírus e coronavírus.

Além deste caso, um menino de um ano e dois meses, da cidade de Itabuna, na Bahia, também teve diagnóstico positivo para o coronavírus no dia 24 de fevereiro, dois dias antes da divulgação do primeiro caso oficial.

Em entrevista à CNN, o pesquisador alertou sobre a importância em investigar o caso, saber como a criança se contaminou, se houve histórico de viagem ao exterior e se os familiares também foram testados.

Em nota, o Hospital das Clínicas disse que a bebê realizou um Painel Viral, coletando PCR para diferentes tipos de vírus, entre eles, quatro variantes de coronavírus humano: 229E (Cor229), HKU1 (HKU), NL63 (Cor63) e OC43 (Cor43). A instituição informa que não houve coleta para Sars-Cov-2, nem retestagem para o vírus. O hospital informou ainda que vai apurar se houve algum erro de registro no sistema.

O Ministério da Saúde e a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo ainda não se posicionaram sobre o fato.
BNews

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *