Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Destaque Bolsonaristas ignoram ordem do STF e continuam postando no Twitter

Bolsonaristas ignoram ordem do STF e continuam postando no Twitter

Bolsonaristas ignoram ordem do STF e continuam postando no Twitter
0
0

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro que tiveram as contas bloqueadas no Twitter por ordem do Supremo Tribnal Federal (STF) continuam postando na rede social em perfis alternativos. Em maio, o ministro Alexandre de Moraes determinou o bloqueio dos perfis “para a interrupção dos discursos com conteúdo de ódio, subversão da ordem e incentivo à quebra da normalidade institucional e democrática”.

Figuras como o ex-deputado Roberto Jefferson (PTB), Sara Giromini (conhecida como Sara Winter) e o blogueiro Allan dos Santos, alvos de investigação no âmbito do inquérito das fake news, tiveram suas contas suspensas. Os três já criaram novos perfis.

Também foram atingidos pela decisão judicial os empresários Luciano Hang, Edgard Corona (da rede de academias Smart Fit) e Otavio Fakhoury, o blogueiro Bernardo Küster, Edson Salomão (chefe de gabinete do deputado estadual Douglas Garcia, do PTB em SP), o militante do PSL Eduardo Fabris Portella, o youtuber Enzo Momenti, os monarquistas Marcelo Stachin e Rafael Moreno, Marcos Bellizia (porta-voz do movimento Nas Ruas), o empresário Paulo Gonçalves Bezerra, Rodrigo Barbosa Ribeiro (assessor de Douglas Garcia), o humorista Reynaldo “Rey” Bianchi e o youtuber Winston Rodrigues Lima, conhecido como comandante Winston.

Em nota da assessoria de imprensa, o Twitter afirma que “agiu estritamente em cumprimento a uma ordem legal proveniente de inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF)”.

Redação

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *