Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Brasil Mãe perde guarda da filha por iniciá-la no candomblé: denúncia foi feita pela avó evangélica

Mãe perde guarda da filha por iniciá-la no candomblé: denúncia foi feita pela avó evangélica

Mãe perde guarda da filha por iniciá-la no candomblé: denúncia foi feita pela avó evangélica
0
0

Uma mãe de Araçatuba, no interior de São Paulo, perdeu a guarda da filha após a adolescente passar por um ritual de iniciação no candomblé, que envolve raspar a cabeça dos novos adeptos. A ação foi movida pelo Conselho Tutelar da cidade, que recebeu denúncias de maus-tratos e abuso sexual. Como uma delas foi feita pela avó da menina, que é evangélica, a defesa da família afirma que o caso é de intolerância religiosa.

No último dia 23 de julho, o conselho recebeu uma denúncia anônima dizendo que a jovem era vítima de maus-tratos e abuso sexual. Junto de policiais militares, os conselheiros foram até o terreiro.

A adolescente chegou a relatar que não estava sofrendo qualquer tipo de abuso, mas, sim, passando por um ritual. A mãe, que trabalha como manicure, explicou que, durante a cerimônia, a menina não poderia deixar o local. Os nomes das duas foram suprimidos para não expor a identidade da jovem.

Mesmo com as justificativas, mãe e filha foram levadas para a delegacia. Só foram liberadas depois de a jovem passar por exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal), que não encontrou nenhum tipo de hematoma ou lesão. A adolescente só estava com a cabeça raspada — segundo ela, estava se tornando filha de Iemanjá.

UOL

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *