Ambulâncias_728x90
vida_nova_728x90
Home Geral Meio Ambiente REABERTURA GRADUAL Empreendimentos devem seguir legislação ambiental para manter funcionamento

REABERTURA GRADUAL Empreendimentos devem seguir legislação ambiental para manter funcionamento

REABERTURA GRADUAL Empreendimentos devem seguir legislação ambiental para manter funcionamento
0
0

Alagoas registrou 171 denúncias de infrações ambientais no período da fase amarela de Maceió

A evolução de fases do Plano de Distanciamento Social Controlado não significa um relaxamento na vigilância da população, seja sobre as medidas de prevenção do contágio da Covid-19, ou também no respeito à legislação ambiental. O Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL) recebeu 171 denúncias durante o período da fase amarela de Maceió, entre 20 de julho e 16 de agosto. Empreendimentos devem continuar regularizados com o mesmo rigor.

A implantação de operação/atividade sem licença ambiental foi a infração mais relatada pelos alagoanos neste período, representando 16% do total de denúncias. Em seguida, o desmatamento de vegetação ocupa 12% dos relatos.

Também se destaca o registro de casos de lançamento de resíduos sólidos (11%), lançamento de esgoto sanitário (10%) e extração mineral (10%).

Reabertura e expansão do funcionamento de empresas na capital e interior

As cidades do interior de Alagoas (com exceção do Médio e Alto Sertão) avançaram para fase amarela nessa segunda-feira (16), com a reabertura de bares, de restaurantes, de shoppings centers, de galerias, de centros comerciais e de congêneres com 50% da capacidade; expansão de capacidade total de público para 60% em templos e igrejas; além da permissão da abertura de lojas e estabelecimentos de rua acima de 400 m².

Maceió avançou para a fase azul, na mesma data, com o funcionamento de todos os setores da fase amarela, além de a expansão da capacidade total de público de 75% para bares, restaurantes, templos, igrejas, instituições religiosas em geral. Está liberado também o funcionamento de museus.

Todos estes empreendimentos devem obedecer às medidas previstas no Protocolo Sanitário do Estado e manter o respeito à legislação ambiental para que continuem em funcionamento. Para dúvidas, é possível entrar em contato com IMA através do Portal do Empreendedor no WhatsApp (82) 9 8833-9407.

O Instituto também está aberto para o recebimento de denúncias da população através do aplicativo IMA Denuncie, gratuito para Android e iOS, via Play Store e App Store, respectivamente.

“É importante que a população continue usando o aplicativo IMA Denuncie, nossa plataforma hoje mais importante. É no app que a gente consegue, de forma rápida, identificar irregularidades no nosso Estado. É um canal essencial entre população e órgão ambiental no combate de crimes”, enfatiza Pollyana Gomes, gerente de Monitoramento e Fiscalização do IMA

Agência Alagoas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *