Home Destaque PANDEMIA Compra da CoronaVac pelo Ministério da Saúde inclui AL no Plano Nacional de Imunização

PANDEMIA Compra da CoronaVac pelo Ministério da Saúde inclui AL no Plano Nacional de Imunização

PANDEMIA Compra da CoronaVac pelo Ministério da Saúde inclui AL no Plano Nacional de Imunização
0
0

Órgão anunciou contrato para aquisição de 100 milhões de doses da vacina; Governo do Estado já havia pactuado intenção de comprar 1 milhão de doses

O anúncio do Ministério da Saúde sobre a assinatura de contrato junto ao Instituto Butantan para o fornecimento de 100 milhões de doses da vacina CoronaVac coloca Alagoas, de forma definitiva, no Programa Nacional de Imunização (PNI) voltado à prevenção da Covid-19. Segundo o órgão federal, o contrato envolve a compra inicial de 46 milhões de unidades, prevendo a possibilidade de renovação para aquisição de mais 54 milhões de doses posteriormente, chegando a um total de 100 milhões.

A informação foi celebrada na noite desta quinta-feira (7) pelo secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, que relembrou que o Governo do Estado já havia pactuado com o Governo de São Paulo, em meados de dezembro, a intenção de compra de 1 milhão de doses do imunizante, desenvolvido pelo Butantan em parceria com o grupo chinês Sinovac.

“Estamos finalizando mais um dia de muita luta aqui na Sesau [Secretaria de Estado da Saúde] com uma informação que nos traz muita alegria devido ao anúncio do Ministério da Saúde em adquirir a vacina produzida pelo Instituto Butantan. Alagoas entrou, definitivamente, no Plano Nacional de Imunização com este anúncio do Ministério”, afirmou.

“É importante lembrar que em dezembro o Governo de Alagoas assinou um protocolo de intenções para que fosse disponibilizado 1 milhão de doses do imunizante para o nosso Estado”, ressaltou o secretário.

Ayres demonstrou otimismo com a proximidade da vacinação. “A vacina contra a Covid-19 está cada dia mais próxima de chegar a Alagoas. Este anúncio do Ministério da Saúde é considerado como histórico. Seguiremos firme nessa luta contra o novo coronavírus, mas a população não pode relaxar e continuar usando máscaras, evitando aglomerações, não promovendo aglomerações, além de utilizar álcool 70º para higienizar as mãos na ausência, por exemplo, de água e sabão”, completa o secretário.

Agência Alagoas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *