Home Destaque Cigarro eletrônico com IA pode ajudar a parar de fumar

Cigarro eletrônico com IA pode ajudar a parar de fumar

Cigarro eletrônico com IA pode ajudar a parar de fumar
0
0

Desde seu surgimento, os cigarros eletrônicos sempre foram alvo de muita controvérsia. Os populares vapes são constantemente associados a doenças, assim como os cigarros tradicionais. No entanto, pesquisadores da Universidade de East Anglia (UEA), na Inglaterra, desenvolveram uma inteligência artificial que pode ser capaz de ajudar a controlar a ânsia por nicotina, ou até mesmo a parar de fumar.

De acordo com o estudo, um dispositivo chamado Level será capaz de prever quando os usuários terão vontade de “dar um trago”. Acoplado aos vaporizadores, o equipamento passa a monitorar o número de tragadas e suas durações, o intervalo de tempo entre cada uma delas e a energia utilizada pelo aparelho.

Com esses dados, a IA poderá criar um perfil do usuário, desenvolvendo estratégias para reduzir a quantidade de nicotina inalada por eles. Os pesquisadores acreditam ainda que, no futuro, será possível ajudar fumantes a abandonarem totalmente o vício e, enfim, parar de fumar.

Testes durarão três meses

Cigarros eletrônicos podem ser ferramenta importante na luta dos fumantes contra a dependência da nicotina, de acordo com estudo da Universidade de East Anglia . Crédito: LezinAV/Shutterstock

“A tecnologia que estamos usando é mais confiável e sofisticada do que os contadores de tragadas que são integrados em muitos cigarros eletrônicos, e funciona medindo de forma precisa a voltagem aplicada ao atomizador durante toda a tragada. Ela registra a topografia do trago para elaborar um perfil personalizado dos padrões de vape do usuário”, explica a pesquisadora-chefe Emma Ward.

Os testes irão acompanhar os usuários durante 90 dias, com questionários diários, nos quais eles registrarão a quantidade de cigarros e vapes usados, além de informar mudanças de ânimo, níveis de stress, consumo de álcool e apoio de familiares e amigos. Os dados serão utilizados em conjunto com a informação obtida pelo Level para entender como estes fatores influenciam no comportamento dos fumantes.

Via: The Next Web

 

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *