Home Geral Brasil Bolsonaro inicia Domingo de Páscoa atacando governadores com vídeo de Sikêra Junior

Bolsonaro inicia Domingo de Páscoa atacando governadores com vídeo de Sikêra Junior

Bolsonaro inicia Domingo de Páscoa atacando governadores com vídeo de Sikêra Junior
0
0

Bolsonaro usou vídeo do apresentador da Rede TV, emissora que recebeu R$ 1,51 milhões do governo federal entre os meses de janeiro e março somente para veicular propaganda sobre a vacina contra a Covid-19

Após comemorar, na noite deste sábado (3), a decisão do ministro Kássio Nunes, indicado por ele ao Supremo Tribunal Federal (STF), de liberar cultos presenciais, Jair Bolsonaro (Sem partido) iniciou seu Domingo de Páscoa, comemorado neste 4 de abril, atacando governadores dos estados, com quem busca polemizar sobre as medidas de isolamento social adotadas para contenção da propagação do coronavírus.

Na publicação, Bolsonaro volta a citar o versículo bíblico João 8:32 – “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” – junto a um vídeo, em que o apresentador da Rede TV, Sikêra Júnior, um dos mais cultuados pelo clã presidencial, pede para os governadores “criarem vergonha na cara”.

“Senhores governadores, criem vergonha na cara. Digam a seu povo quanto vocês receberam para cuidar das vidas e não tomar essas vidas, não matar as pessoas”, diz o apresentador.

Projetando uma imagem produzida pela Secretaria de Comunicação da Presidência sobre supostos recursos enviados ao Estado de Pernambuco, Sikêra Junior ataca diretamente o governador Paulo Câmara (PSB), insinuando que o mandatário desviou recursos enviados ao estado por Bolsonaro.

“Ê, Paulinho… R$ 42,7 bilhões. Contra o Covid, R$ 4,8 bilhões. Benefício ao cidadão, R$ 17 bilhões. Esse dinheiro não é teu. É para salvar vidas”, diz o apresentador da Rede TV!, emissora que recebeu R$ 1,51 milhões do governo federal entre os meses de janeiro e março somente para veicular propaganda sobre a vacina.

Revista Fórum

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *