CENAS FORTES: Vereador de São José da Tapera morre em acidente de carro na AL-220

E-mail Imprimir


Vereador de São José da Tapera morre em acidente de carro na AL-220
Morreu em um grave acidente de carro na manhã deste sábado (4), por volta das 7h30min, o blogueiro do Minuto Sertão e vereador por São José da Tapera Evandro Cardoso Barros, 34. O acidente aconteceu em uma curva na AL-220, próximo à cidade de Jacaré dos Homens.

 

Segundo informações da Companhia de Polícia Rodoviária do 7º Batalhão de Polícia Militar de Santana do Ipanema, Evandro conduzia um Golf de cor prata e placa MVK-3709 no sentido Jacaré/Batalha quando se deparou em sua pista com uma Mercedes Bens Sprint de cor prata e placa NMK – 7548 que transportava cerca de 15 professores da cidade de Maceió para a faculdade de Pão de Açúcar. Os dois veículos colidiram frontalmente. Evandro teve morte instantânea e o condutor da Sprint identificado como Ronaldo de Souza Calheiros, 52, foi socorrido em estado grave de saúde. Todos os professores também sofreram, respectivamente, graves e leves ferimentos.

Segundo apurou o Minuto Sertão, no momento do acidente a Sprint realizava uma ultrapassagem não permitida quando não teria conseguido voltar para sua pista e provocado o acidente.

Segundo familiares, Cardoso seguia para a cidade de Arapiraca onde realizava um curso preparatório para vestibular e concursos. Evandro era casado e tinha dois filhos com idades entre três e seis anos. Seu corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca e depois será liberado para sepultamento que deve acontecer amanhã durante a manhã.


 

Carreira política

 

Crédito: Hector Emílio / Vereador Evandro Cardoso
 

Evandro Cardoso era licenciado em química pela Universidade de Alagoas (Uneal), já foi secretário de assistência social e assumiu em 2008 pelo Partido da mobilização Nacional (PMN) seu primeiro mandato como um dos vereadores mais votados na Câmara de São José da Tapera onde já foi presidente da Casa por alguns meses e fazia oposição ao atual prefeito. O edil era conhecido pela constante briga que travava com o gestor municipal para reivindicar melhorias na cidade.

Cardoso foi expulso do PMN no dia 26 de setembro de 2011 pelo Diretório Estadual do Partido que segundo ele teria realizado uma manobra que resultou em sua expulsão. Desde entãose defendia na justiça contra o partido que queria tomar seu mandato, também pelo fato do edil ter ingressado no Partido dos Trabalhadores (PT) onde era cogitado para concorrer ao cargo de prefeito nas eleições deste ano.

Com Minutosertao
 

Add Comentário


Código de segurança
Atualizar